Polícia identifica suspeito de matar o “Bad Boy” da Vila Operária com 20 facadas

Suspeito do crime tem 28 anos e trabalha em serviço braçal em fazendas

5476
Allysson Nelli de Souza Alves, foi morto com ao menos 20 facadas

Os investigadores da Polícia Civil de Vilhena conseguiram identificar o homem suspeito de ter matado Allysson Nelli de Souza Alves, o “Bad Boy” da Vila Operária. O crime foi por volta de 18h na esquina da rua 347 com 314 no dia 13 de outubro de 2019.

A vítima, de 40 anos de idade, foi perseguida após uma discussão iniciada com outro homem em uma boca de fumo e morta no meio da rua. A perícia contou ao menos 20 facadas no corpo.

O homem apontado como autor do crime tem 28 anos e trabalha em serviço braçal em fazendas. Conforme o delegado Nubio Lopes de Oliveira, que investigou o caso, o suspeito cometeu o homicídio e fugiu para uma fazenda no interior de Rondônia. Após ter sido localizado ele retornou para Vilhena e confessou, em depoimento, ter assassinado Nelli.

A prisão preventiva do suspeito, que foi indiciado por homicídio, não foi pedida. O delegado explicou durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (17) que o acusado colaborou com as investigações da polícia e atualmente tem endereço fixo. O inquérito foi enviado ao Poder Judiciário para dar prosseguimento ao caso.