“Tive conta hackeada”, diz dona de perfil que manifestou desejo pela morte do prefeito

“Jamais desejaria para outros, o mal que eu não quero para mim”, diz Rosimeire.

6868
Comentário com discurso de ódio foi feito por hacker, diz dona do perfil.

A internauta Rosimeire Santos teve a conta na rede social Facebook hackeada. Nesta terça-feira, 16 de junho, o perfil dela fez uma postagem com discurso de ódio contra o Prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês.

Entrevistada pelo Vilhena Notícias ela afirma que teve o perfil invadido dias atrás, mas conseguiu recuperar o controle da conta na tarde desta terça-feira com a ajuda de uma amiga policial.

Rosimeire garante que não postou a mensagem manifestando desejo pela morte do político vilhenense, colocado em isolamento domiciliar após apresentar síndrome gripal e por suspeita de ter contraído o novo coronavírus. Ela diz ainda que não compactua com a onda de intolerância e discurso de ódio que acontece nas redes sociais. São atos nocivos à sociedade, aponta ela. Sobre a remoção da publicação, ela explica que quando retomou o domínio da conta o post ofensivo já havia sido removido.

“Sou evangélica e [não] desejaria morte nem a meu pior inimigo, quem sou eu para desejar algo assim totalmente contra meus princípios”, ponta Rosimeire.

Publicidade


A internauta diz que acredita na justiça divina e pede à pessoa que invadiu sua conta e fez o comentário maldoso contra o prefeito que peça desculpas a ele.

Eduardo Japonês não se manifestou sobre o caso. Nas redes sociais centenas de pessoas prestaram votos de melhoras ao alcaide vilhenense.

Comentários