Polícia procura por “Polaquinho”, suspeito de assassinar e atear fogo na esposa em Chupinguaia

Crime aconteceu no último dia 26.

712

Investigando um caso de feminicídio ocorrido no município de Chupinguaia, a Polícia Civil de Vilhena, divulgou hoje, terça-feira, 30 de janeiro, fotos do principal suspeito de ter assassinado e ateado fogo em Solange Evangelista Dias.

O homem de 38 anos é Edmilson Alves Pereira, mais conhecido como “Polaquinho”.

Com sua prisão preventiva decretado, “Polaquinho” passa a ser foragido.

O crime aconteceu no ultimo dia 26 de janeiro. Além das agressões físicas que levou a morte de Solange, Edmilson provocou queimaduras no corpo da vítima. Ao chegar no local a polícia encontrou sangrando pelo nariz, boca e ouvidos e com cortes profundos na cabeça.

O infrator já havia se evadido. Segundo a polícia, após horas de procura, não foi possível localizar o foragido. Na mesma data (26) houve representação pela Polícia Civil ao Judiciário pela prisão preventiva e deferido mandado de prisão, contudo, o suspeito não mais foi localizado.

Os telefones para contato com as autoridades, caso tenha alguma informação do paradeiro de Edmilson, são; 190 Polícia Militar e 197 Polícia Civil.