Drogas e quase 14 mil são apreendidos com motorista de aplicativo em Vilhena

Homem guardava dinheiro do tráfico em caixinhas de shampoo do filho de 15 dias.

351

Morador do bairro Assossete em Vilhena, um motorista de aplicativo de 31 anos, foi preso na madrugada de hoje, domingo, 31 de dezembro, acusado de traficar drogas. Com ele foram aprendidas cocaína, crack e uma grande quantia em dinheiro.

A polícia abordou um veículo Gran Siena, de cor vermelha, na avenida 34, e após uma longa espera para que o agente saísse do veículo nada foi encontrado com ele. Porém, ao revistarem o carro dirigido pelo suspeito, os policiais encontraram ao lado do banco do motorista uma porção de droga (Crack) que totalizava 10 gramas.

O homem tentou ludibriar os policiais dando o endereço da própria mãe, alegando que morava com ela. Mas com os dados do suspeito já levantados, os agentes foram até a real moradia do motorista. Que mora com a esposa e um filho recém nascido (15 dias). Após a liberação da esposa para que adentrassem o local, foram encontradas em cima do balcão da cozinha certa quantidade de drogas, sendo do tipo crack e também cocaína, além de uma balança de precisão, faca de cozinha e canivete em que utilizava para dividir as porções em pequenas quantidades, vários papelotes para embalar o toxico, e ainda,  dinheiro guardado em vários locais da casa. Inclusive, dentro das caixinhas de perfume e shampoo do bebê.

No total, foram apreendidas 185 gramas de cocaína e 58,5 gramas de crack, além de R$ 13.974,05 em espécie.

Todos os objetos do ilícitos e agente, foram entregues na UNISP ao agente de plantão para o flagrante delito e demais providencias. Consta ainda que a mulher, não foi levada à delegacia por ter recentemente dado à luz.