7780

Trabalhador baleado foi vítima de emboscada por ter denunciado comércio de drogas em Vilhena

O crime aconteceu em um imóvel da Rua H-10 na Cohabinha

Vítima foi baleada dentro do automóvel quando tentava escapar do atirador. Foto: Carlos Mont Serrate

Não foi por engano o tiro contra o trabalhador braçal de 36 anos, Vilmar Cordeiro dos Santos. De acordo com informações da Polícia Civil, o autor do disparo é Gustavo Ribeiro da Silva, 18 anos. Ele foi preso na sexta-feira (9), e em depoimento, confessou que queria matar o construtor. A vítima foi baleada no tórax e sobreviveu.

A tentativa de homicídio aconteceu em um imóvel da Rua H-10 na Cohabinha, no dia 31 de julho, em Vilhena. Inicialmente, a informação era que a vítima tinha sido baleada no lugar do filho, que seria o alvo do atirador. Porém, com a investigação a polícia descobriu que Vilmar foi vítima de uma emboscada, por supostamente ter denunciado um comércio de drogas no bairro. Os delatados “seriam integrantes de uma facção criminosa”, disse o Delegado Regional da Polícia Civil no Cone Sul, Fábio Campos, na segunda-feira (12) durante coletiva de imprensa.

A polícia ainda procura por um segundo suspeito, que teria auxiliado o atirador na fuga.

 

Comentários