Em Vilhena, suspeito de tráfico é preso no momento em que ia entregar droga a cliente

4912
Foto: Arquivo

Nesta terça-feira, 7 de abril, por volta de 13h30, a Polícia Militar de Vilhena prendeu Jean Carlos Tavares Brunelli, de 26 anos, no bairro Barão do Melgaço III, por suspeita de tráfico ilícito de drogas.

Segundo a PM, o homem foi encontrado com 18 gramas de maconha próximo da casa de um dependente químico, na rua Aldo Heldnann. A polícia diz que Jean Brunelli foi preso no momento em que ia entregar droga a cliente.

Ao ser perguntado sobre a origem da droga, o suspeito usou do seu direito de permanecer calado e de não responder perguntas. Ele foi algemado e conduzido para a carceragem da Unisp. Nesta quarta-feira ele deverá passar por audiência de custodia. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para prosseguir com as investigações.

Absolvido de homicídio

Em 2019, Jean Brunelli e sua companheira à época, foram indiciados pela Polícia Civil e denunciados à Justiça pelo Ministério Público por homicídio de um chacareiro de 40 anos. O crime ocorreu em 2018 na zona rural de Vilhena.

Publicidade


Submetidos a julgamento, o casal acabou absolvido por falta de provas.

Comentários