Após negativa de sexo homem quebra móveis e janelas no Cidade Jardim 2

Mulher correu para a casa da mãe.

2323

Um homem foi conduzido à Unisp na noite de ontem, sábado, 13 de maio, depois de promover um verdadeiro terror na vida de sua amásia e sogra. Ele quebrou janelas e móveis de casa depois de uma briga, que segundo registro, foi originada depois que teve recusa por parte de sua mulher para fazerem sexo.

De acordo com o registro policial, o casal vive junto há pelo menos três anos. O caso aconteceu no bairro Cidade Jardim 2.

Ao ter a negativa para o ato, o homem começou a quebrar móveis e janelas na residência e utensílios domésticos. A mulher correu para a casa de sua mãe, que fica próximo a sua, e não satisfeito, o agressor foi atrás.

A mulher que já tentou tirar seus pertences de casa mas sempre é impedida pelo amásio, decidiu registrar queixa. O casal, juntamente com a sogra, foram conduzidos à Unisp, onde foi registrado o ocorrido.