Em meio à pandemia, multidão prestigia festa de aniversário de Chupinguaia

Prefeitura organizou evento neste domingo, 27 de dezembro.

3240
Imagens da festa foram divulgadas em mídias sociais

Sem nenhuma vaga de terapia intensiva e um hospital municipal, o José Ivaldo de Souza, que sofre com poucos recursos, a Prefeitura de Chupinguaia (RO) promoveu neste último final de semana uma festança em meio à pandemia do novo coronavírus para celebrar o aniversário de emancipação do município. Cidade foi fundada em 27 de dezembro de 1996.

A “coronafest”, organizada pela prefeitura, recebeu críticas nas redes sociais, já que os chupinguaienses muitas vezes são obrigados a recorrer a outras cidades para obter atendimento médico.

Segundo os dados da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), até domingo, 27 de dezembro, 7 pessoas morreram por complicações da Covid-19 desde o início da pandemia. Na cidade já foram contabilizados 823 casos confirmados da Covid-19. O boletim diário da Covid-19 não é publicado na página oficial do município desde o dia 16 de dezembro.

Imagens divulgadas em mídias sociais mostram centenas de pessoas sem máscara de proteção facial e aglomeradas.

O evento é o tipo de situação que vai na contramão das medidas de enfrentamento ao novo coronavírus estabelecidas pelas autoridades sanitárias do Estado e pela Organização Mundial de Saúde (OMS).