Academia de ginástica é interditada por descumprir decreto estadual de segurança na pandemia

3188
Foto: Renato Spagnol

Uma academia de ginástica foi interditada em Vilhena, no bairro Jardim América, por descumprir o decreto do governo de Rondônia que impede o funcionamento de atividades comerciais não essenciais nos municípios classificados na fase I, a mais restritiva do plano de flexibilização da pandemia.

A ação foi realizada nesta sexta-feira, 22 de janeiro. Segundo a Vigilância Sanitária, que autuou, está proibida de funcionar a academia Corpus Fit até que o município volte à fase II do plano de flexibilização. A academia já havia sido notificada pela PM dias atrás. Hoje, um fiscal da vigilância flagrou o estabelecimento em plena atividade.

Vilhena voltou à fase I, a mais restritiva do plano de flexibilização da pandemia. O decreto do governo do estado, publicado no Diário Oficial na sexta-feira, 15 de janeiro, visa conter o avanço da pandemia do coronavírus. A medida vale de 17 a 27 de janeiro. Além de Vilhena, outras 28 cidades, incluindo a capital Porto Velho, foram classificadas na primeira fase, que permite o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais.

Segundo o governo de Rondônia, nos municípios que se enquadram nas fases 1 e 2, é estabelecido um toque de recolher de 20h às 6h.

Prefeitura proíbe venda de bebidas alcoólicas

Na última semana, após deliberações do Comitê Gestor Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus a Prefeitura de Vilhena acatou sugestão da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Vilhena (Aciv) em suspender a venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais da cidade até a próxima terça-feira, dia 26.

A decisão é semelhante a decretos emitidos em outras cidades como Ji-Paraná, em Rondônia, Belo Horizonte, em Minas Gerais, Presidente Prudente, em São Paulo, entre outras. Considerando que a contaminação recente na cidade teve forte influência das reuniões informais nas casas das pessoas, o Comitê pretende evitar aglomerações na cidade neste fim de semana com o objetivo de controlar a escalada da covid-19.

Há mais de uma semana com a UTI em 100% de lotação, na quarta-feira, 20, a Saúde revelou que a cidade alcançou também o recorde de óbitos em um único dia: seis, todos de Vilhena.

Em um patamar alto de contaminação desde o início de janeiro, a cidade está próxima da média de 100 casos por dia desde o dia 4 deste mês.