960

Responsabilidade pelo ensino em colégio militar será da prefeitura; PM vai atuar na disciplina

Responsabilidade pelo ensino em colégio militar será da prefeitura; PM vai atuar na disciplina

Em reunião entre as entidades que vão administrar o colégio militar municipal ficaram definidas as responsabilidades da Prefeitura e da Polícia Militar na unidade, bem como novo nome da escola.

A conversa envolveu o prefeito Eduardo Japonês juntamente com a secretária municipal de Educação, Vivian Repessold, e a secretária adjunta, Cristiane Ortiz, que se reuniram com o sub-comandante geral da Polícia Militar, Coronel Rildo Flores, e o atual diretor geral da antiga Escola Cristo Rei, Cap. Estrela, para tratar sobre assuntos referentes ao Colégio Militar.

No encontro ficou decidido que a parceria entre a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e a Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) vai ser firmada a partir do momento em que o governador Marcos Rocha sancionar o projeto de lei.

Com essas parcerias, a unidade, que antes era denominada como Colégio Militar Almirante Tamandaré, passa a ser Colégio Cívico Militar Almirante Tamandaré (CCMAT). Isso significa que a parte disciplinar da instituição será de responsabilidade da Polícia Militar, sob o comando do diretor geral Cap. Estrela, e a Semed ficará responsável pela parte pedagógica, tendo como diretor pedagógico o professor Júnior Farias.

Publicidade


Em breve o prefeito e a secretária de Educação buscarão o governador Marcos Rocha para debater os ajustes finais para aprovação da lei.

APOIO PARA O COLÉGIO – Na mesma oportunidade, Vivian esteve nas dependências do Colégio Cívico Militar Almirante Tamandaré para a apresentação do novo apoio da instituição de ensino. Os policiais Damasceno e Martins vão auxiliar o diretor geral Cap. Estrela com uma carga horária de 6 horas diárias.

 

Fonte: Semcom

Comentários