Suspeitos de matar casal de dentistas são transferidos de presídio

4960
Nilmar dos Santos alega que agiu sozinho no duplo homicídio.

Nilmar dos Santos (38) e Francineia Costa de Oliveira (37) foram transferidos da Cadeia Pública de Colorado do Oeste, no Cone Sul de Rondônia, para unidades prisionais de Cacoal, na área central do estado, nesta terça-feira, 14 de julho. Eles são suspeitos de matar um casal de dentistas na cidade de Colorado. A mulher nega participação no crime.

A transferência foi autorizada pelo Judiciário e Ministério Público a fim de garantir a segurança dos presos. Uma defensora pública de Colorado pretende solicitar à Justiça a transferência deles para unidades penitenciárias de Porto Velho.

O que motivou a transferência

No dia 9 de julho Nilmar dos Santos, então preso da Cadeia Pública de Colorado, foi colocado em isolamento.

Ferimentos sofridos na unidade prisional de Colorado.

A medida foi tomada após ele ter sido socorrido ao hospital municipal da cidade, na noite anterior, com graves lesões no corpo e duas costelas quebradas. O preso justificou que as lesões foram causas após ele cair de uma “jega” (cama de concreto) enquanto dormia. Nilmar dividia uma cela com outros dois presos, quando o incidente aconteceu.

Publicidade


Na comunidade coloradense, circulou boatos que ele foi jurado de morte por outros presos. O motivo seria porque Dionelia Giacometti, vítima dele, trabalhou como dentista na unidade onde ele está preso. A idosa tinha admiração e a estima de todos.

Comentários