Suspeito de tentar matar dono de açougue, em Vilhena, é preso em Cerejeiras

2516
Lucas foi preso em Cerejeiras (a (125 km de Vilhena) no domingo, dia 3 de janeiro.

A Polícia Militar (PM) de Cerejeiras prendeu, no último final de semana, Lucas Santos Pires. Ele é o principal suspeito de tentar matar a tiros o empresário Ademilton Tenório, na cidade de Vilhena.

A polícia chegou até ele por meio de uma denúncia anônima. Lucas Santos tinha mandado de prisão preventiva decretada, informou a Polícia Civil, e era considerado foragido.

Com a prisão, a motivação do crime que ainda é desconhecida, deverá ser esclarecida. A investigação do caso é realizada pelo delegado Nubio Lopes de Oliveira, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Vilhena,

O CASO

O empresário Ademilton Tenório foi atingido por disparos de arma de fogo dentro do próprio estabelecimento no bairro Cristo Rei, na avenida Melvin Jones, no dia 15 de dezembro do ano passado. Ele foi baleado no pé e perna e socorrido pelos bombeiros ao pronto-socorro do Hospital Regional.

O cempresário estava sentado no caixa quando um homem, que seria Lucas Santos, armado invadiu o local e fez diversos disparos contra ele. Mesmo ferida, a vítima teria conseguido correr para os fundos do açougue e se esconder na câmara fria, onde aguardou a chegada da polícia e dos bombeiros. O atirador fugiu em uma moto.

No dia do crime, a Polícia Técnico-científica encontrou marcas de bala do calibre 38 no caixa e na parede do comércio.