530

Suspeito de homicídio em Chupinguaia presta depoimento à polícia e é liberado

Edivaldo Pereira Xavier suspeito de matar a facadas Valmir Alves na área rural de Chupinguaia, no dia 23 de novembro de 2019, se apresentou à Polícia Civil de Vilhena na segunda-feira (25) e prestou esclarecimentos sobre o caso. Como não havia mandado de prisão contra ele, após o interrogatório o suspeito foi liberado.

O Vilhena Notícias obteve acesso a parte do depoimento. Nele, Edivaldo Pereira alega que a confusão começou quando a vítima se negou a descer da mesa de sinuca, onde estava sentada, para que ele e outro amigo jogassem uma partida. No testemunho o suspeito ainda alega que deu a facada letal após ser segurado por outro homem.

Um rapaz de 28 anos tentou impedir as agressões e foi ferido por uma facada de raspão na barriga. Ele não quis receber atendimento médico. Na condição de testemunha, ele foi ouvido e desmentiu a versão apresentada por Edivaldo. A reportagem não teve acesso ao depoimento da testemunha.

Delegacia de Homicídios de Vilhena continua investigando o caso. A polícia não descarta o pedido de prisão do suspeito.

Comentários