4652

Secretário de Trânsito erra ao autorizar taxistas e “ubers” voltarem ao trabalho; “só o Comitê pode decidir”

Num intervalo de uma hora a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito de Vilhena voltou atrás e revogou uma decisão que liberava taxistas e motoristas de aplicativos voltar ao trabalho. A decisão tomada mais cedo, e que agora não vale mais, reuniu o secretário de Trânsito Roccio Aires Candido, representantes dos motoristas e taxistas e a Polícia Militar. Na reunião ficou acordado o retorno das atividades das duas categorias, mas com ressalvas.

Reunião sem validade

Enquanto os profissionais de mobilidade urbana comemoravam o retorno ao trabalho a decisão foi derrubada. Procurada pela reportagem do Vilhena Notícias, a assessoria institucional da Prefeitura de Vilhena informou que a decisão sobre o retorno de qualquer atividade presente no Decreto Municipal de quarentena precisa ser aprovada pelo Comitê Gestor do Covid-19, criado pelo Município para desenvolver ações e evitar qualquer possibilidade de disseminação do vírus na cidade. Se o comitê decidir por liberar o funcionamento de ubers e taxistas o prefeito Eduardo Japonês terá que emitir um novo decreto.

Nova reunião

Publicidade


O comitê gestor da crise deve se reunir ainda hoje para avaliar a possibilidade de taxistas e motoristas de aplicativos voltarem ao trabalho.

Comentários