5190

Polícia Civil investiga tentativa de homicídio contra comerciante do bairro Assossete

Comerciante quase teve o pescoço degolado

(Foto: Jonatas Boni/G1)

Ao tentar impedir uma briga de casal, um comerciante de 30 anos quase teve o pescoço degolado dentro do próprio bar, no bairro Assossete, em Vilhena. O crime aconteceu na última sexta-feira (6), mas foi divulgado só agora. Segundo a polícia, a vítima Claudinei Cosme de Araújo teve cortes na face, pescoço e nuca. Ele foi socorrido ao pronto-socorro do Hospital Regional pelo Corpo de Bombeiros e se recupera, em casa, dos ferimentos.

De acordo com informações da polícia, o suspeito do crime é Cesar da Costa Pereira, de 26 anos. Ele e a esposa eram clientes do bar e iniciaram uma discussão no estabelecimento. A vítima tentava apartar a briga entre o casal quando foi atingida por golpes de canivete. O suspeito foi preso.

Segundo testemunhas, a esposa do comerciante servia clientes quando a confusão começou. Ela, ao ver que o marido estava em perigo de ser morto, retirou uma barra de ferro de trás do balcão e deu um único golpe na cabeça do agressor. Ele sofreu um corte na cabeça e perdeu os sentidos. Depois disso a esposa do comerciante ligou para a polícia.

O caso segue em investigação. Cesar da Costa Pereira pode responder por tentativa de homicídio e ainda por ameaças contra a esposa.

Comentários