“Padovani transmuta a verdade”, diz radialista que teve estúdio invadido; assista

2093

O radialista Roni Freitas, da PlanFM de Jaru, usou as mídias sociais para dizer que jamais pediu cargos públicos para ele, e para sua esposa, ao secretário de Agricultura de Rondônia, Evandro Padovani. Roni, que foi insultado pelo secretário de Estado na última terça-feira, dia 11, voltou a criticar a gestão de Padovani à frente da SEAGRI – Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura. (Assista.)

Ontem, Padovani publicou uma nota de esclarecimento após ter invadido os estúdios da PlanFM quando Roni Freitas apresentava ao vivo o Programa Tribuna do Povo e interagia com ouvintes do setor de produção leiteira da região de Jaru. O secretário de Estado chamou o comunicador de “babacão” ao vivo. (Veja o momento da invasão.)

Ao divulgar a nota pública o secretário da SEAGRI insinuou que as críticas feitas pelo radialista são fruto de mágoa. “Fui até a rádio para esclarecer todas as dúvidas questionadas no programa e não obtive meu direito de resposta. Agora, fica a dúvida, será que ele ficou magoado por não ter conseguido um espaço no governo atual ou foi porque quando me procurou pedindo uma portaria eu não pude contemplá-lo?”

Roni Freitas nega as insinuações.