Criticado, Padovani diz que radialista está magoado por não ter conseguido espaço no governo atual

Secretário chamou locutor de 'babacão'

1192
Secretário de Agricultura de Rondônia, Evandro Padovani está há sete anos no cargo. (Foto: Arquivo pessoal)

O secretário de Agricultura de Rondônia, Evandro Padovani, publicou uma nota de esclarecimento após ser acusado de invadir os estúdios da PlanFM em Jaru e insultar o locutor Roni Freitas, que apresentava ao vivo o Programa Tribuna do Povo e interagia com ouvintes. O radialista dizia no programa que Padovani “está matando a agricultura e a piscicultura” no estado. (Veja abaixo as palavras do secretário.)

“Fui mencionado no programa do locutor Roni Freitas, recebi várias críticas falando que em todo esse tempo que estou à frente da secretaria estadual de Agricultura não foi prestado serviços à população. Engraçado que o próprio Roni que fez parte do Governo do Confúcio Moura [ex-governador] o qual era locutor oficial dos eventos e já teve a oportunidade de anunciar inúmeras vezes todos os trabalhos realizados pela SEAGRI durante o tempo em que estou como secretário.”

Na nota, Padovani sugere que o locutor está mágoado. “Fui até a rádio para esclarecer todas as dúvidas questionadas no programa e não obtive meu direito de resposta. Agora, fica a dúvida, será que ele ficou magoado por não ter conseguido um espaço no governo atual ou foi porque quando me procurou pedindo uma portaria eu não pude contemplá-lo?”

Evandro Padovani publicou, em sua rede social, um vídeo que mostra o momento da discussão com o radialista. (Assista.)