5310

Energisa será investigada por possíveis irregularidades na distribuição de energia

Grupo distribui energia para os 52 municípios do Estado

Os deputados estaduais de Rondônia aprovaram nesta quarta-feira (18) a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o Grupo Energisa. Com isso, a concessionária, às vésperas de completar um ano que assumiu oficialmente a distribuição de energia nos 52 municípios do Estado, a será investigada por possíveis irregularidades nos serviços prestados. Onze deputados declararam apoio à investigação.

A CPI será composta por cinco membros, informou em nota a Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE-RO). Eles têm 90 dias, mas esse prazo pode ser prorrogado, para apresentar um relatório da apuração. A ALE afirma que tem recebido inúmeras denúncias de consumidores contra a Energisa, “principalmente no que se refere a aferição da energia elétrica consumida, cortes de energia em finais de semana, incorrendo contra legislação estadual e ainda a troca de medidores sem prévio aviso”. Estas reclamações teriam sido formalizadas aos deputados, nos últimos dias.

A partir de agora cabe ao presidente da Assembleia, Laerte Gomes (PSDB), instalar a CPI. Em seguida, os partidos devem indicar os integrantes da Comissão.

Um morador de Ariquemes ficou indignado com funcionários da concessionária Energisa que foram até sua residência para fazer a substituição do medidor de energia e “blindaram” a caixa do padrão, que armazena o relógio. A visita da empresa não teve aviso prévio, garante o ariquemense Thiago Souza, o que configura violação à Resolução 456, de 29 de novembro de 2000, que estabelece as condições para fornecimento de energia no Brasil.

O QUE DIZ A ENERGISA

Publicidade


Recebemos com estranheza a notícia de denúncias de irregularidades contra a Energisa Rondônia. A empresa informa que, até o momento, não recebeu qualquer tipo de reclamação nesse sentido e se coloca à disposição da Comissão de Infraestrutura do Senado Federal, da Agência Nacional de Energia Elétrica e, sobretudo, dos clientes que se sintam afetados para prestar quaisquer informações e esclarecimentos.

Sempre prezando pela transparência e aberta a todo tipo de esclarecimento, a Energisa Rondônia mais uma vez repudia com veemência insinuações infundadas de manipulação nos medidores de energia.

A fim de esclarecimento, nos últimos anos, o cenário da distribuição de energia elétrica no estado de Rondônia foi de subinvestimento, com pouca ou nenhuma ação de manutenção/construção de rede e/ou subestações. Apenas em 2019, Energisa Rondônia está investindo cerca de R$ 471 milhões para recuperar a qualidade da prestação de serviços aos clientes e para expandir o sistema elétrico e propiciar o melhor atendimento possível aos nossos clientes, sempre prezando pelo desenvolvimento do Estado.

Mais uma vez, nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos, denúncias e reclamações.

Comentários