Em áudio enviado ao VN, coronel diz que mulher que usou filho como pagamento de droga é viciada a dez anos

A mulher já é conhecida na cidade do MT por ser usuária de droga e ter seus filhos retirados pela justiça

2120

Na última terça-feira (08) a Polícia Militar do município de Pontes e Lacerda (300 km de Vilhena) resgatou um bebê de apenas dois meses que estava sendo usado pela mãe como garantia de pagamento pela dívida que ela tinha na “boca de fumo” da cidade. (LEIA AQUI)

Segundo o áudio do coronel responsável pelo resgate enviado à redação do Vilhena Notícias, é a terceira vez em menos de três anos que o ponto de venda de drogas é “estourado” pelos policiais, já a mãe da criança, é conhecida na cidade por ser usuária a dez anos e ser irresponsável pelos filhos que já teve. A mulher já teve cinco filhos. 

Desses cinco filhos, o primeiro faleceu com menos de dois anos de idade, três a justiça tirou a guarda e o quinto é o de dois meses também retirado dela, esse que foi localizado na terça-feira no ponto de drogas. 

Dos três filhos que foram retirados a guarda da mulher, dois já foram adotados, o outro continua no Lar de Apoio à Criança de Pontes e Lacerda local, onde a criança de dois meses também será destinada. 

A denúncia contra a mãe foi feita anonimamente e diante disso o Conselho Tutelar acionou a Polícia Militar para receber o apoio no resgate, ao chegar no local o bebê foi encontrado deitado em silêncio em cima de uma cama. O Coronel chama a criança de “calejada” e acostumada pelas situações difíceis que logo cedo já foi submetida. 

ASSISTA AO VÍDEO DO RESGATE: