Vereador Rogério Golfetto indica academias ao ar livre adaptadas para portadores de deficiência física

208

 O vereador Rogério Golfetto (Podemos) indicou à prefeitura municipal de Vilhena a implantação de academias ao ar livre adaptadas para os portadores de deficiência física em todas as praças do município.

A prática de atividades físicas e esportivas deve ser um direito de todos. O discurso é bem humano, mas, na prática, isso nem sempre acontece. Muitas vezes, o acesso às academias, estúdios e clubes não têm condições que facilitam a acessibilidade e mobilidade de portadores de deficiência.

Facilitando o acesso aos exercícios físicos, as academias ao ar livre oferecem bem-estar e qualidade de vida à população de maneira gratuita e inclusiva. Implementadas em parques, praças e espaços abertos de várias cidades, as academias ao ar livre não possuem restrição de público, pois podem possuir instalações especializadas para que deficientes físicos desfrutem dos benefícios de uma vida mais saudável.

Quando os espaços contam com orientadores responsáveis por acompanhar os usuários, as academias ao ar livre com equipamentos adaptados possibilitam não só a realização de exercícios, como um treino feito de maneira efetiva, correta e sem risco de lesões devido ao mau uso dos aparelhos. “Ao unir um espaço propício para os deficientes, as crianças, os jovens, os adultos e os idosos, as academias ao ar livre se tornaram uma alternativa para quem não consegue encontrar um local de treino que atenda às necessidades de todos, pois elas incentivam muitos deficientes a praticar exercícios físicos em um espaço sem impedimentos e com aparelhos adaptados”, justificou Golfetto.

Publicidade


 

Fonte: DICOM – Câmara de Vilhena

Comentários