8275

ELEIÇÃO 2022: Pesquisa da Veja revela quem venceria entre Bolsonaro x Lula x Moro

Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira, 06 de dezembro, revela quais seriam os prováveis resultados, caso as eleições de 2022 fosse hoje, e os candidatos fossem Bolsonaro, Lula e também Sérgio Moro.

O levantamento é da Veja/FBS com dois mil eleitores em todos os estados, entre 29 de novembro e 2 de dezembro, com margem de erro de dois pontos percentuais e com confiança de 95%.

Bolsonaro supera Lula no 2º turno em pesquisa eleitoral

O cenário em segundo turno, em uma simulação na disputa eleitoral para a Presidência da República em 2022, entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula. De acordo com o levantamento da Veja/FSB, Bolsonaro aparece com 45%, enquanto Lula tem 40%. Brancos somam 1%; nulos, 4%; nenhum, 10%. Não sabe ou não respondeu representam 1%.

Publicidade


A pesquisa foi realizada com dois mil eleitores, em todos os estados entre 29 de novembro e 2 de dezembro, com margem de erro de dois pontos percentuais e grau de confiança de 95%.

Moro aparece com larga vantagem sobre Lula em pesquisa para 2022

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, aparece à frente do ex-presidente Lula em simulação de segundo turno na pesquisa eleitoral para as eleições 2022.

A pesquisa coloca Moro com 48% das intenções de voto contra 39% de Lula. Votos em branco somam 1%, enquanto nulos chegam a 2%. Nenhum, somam 8% e não sabe ou não respondeu representa 1%.

A pesquisa foi realizada com dois mil eleitores em todos os estados entre 29 de novembro e 2 de dezembro, com tem margem de erro de dois pontos percentuais e confiança de 95%.

Bolsonaro e Moro empatam no segundo turno em pesquisa eleitoral

O cenário é de empate em uma simulação de segundo turno na disputa eleitoral para a Presidência da República em 2022 entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Justiça, Sergio Moro, segundo a pesquisa.

De acordo com o levantamento da Veja/FSB, Bolsonaro e Moro empatam com 36%. Votos em branco somam 2%, enquanto nulo chegam a 7%. Nenhum são 18% e não sabe representam 1%.

A pesquisa realizada com dois mil eleitores em todos os estados entre 29 de novembro e 2 de dezembro tem margem de erro de dois pontos percentuais, com confiança de 95%.

GRÁFICOS:

Fonte: Gazeta do Povo

 

 

Comentários