3284

Neto mata avó, esquarteja corpo e enterra cabeça dela no quintal de casa em Jaru

Foto: Jaru Online

Um adolescente, de 17 anos, foi apreendido na noite desta terça-feira, 17 de março, em Jaru. O jovem matou, esquartejou e enterrou o corpo da avó, Maria Aparecida Nogueira, de 67 anos, no quintal de casa. Ao ser preso, ele deu um “sorrisinho irônico” e disse ter assassinado a vítima porque se considera um serial killer. O menor morava sozinho com a avó.

A cabeça, pernas e braços da vítima foram desenterradas de uma cova rosa na parte de trás da casa. As outras partes do corpo não foram enterradas porque amigos e parentes da idosa desconfiaram do sumiço dela e foram até a casa e imobilizaram o adolescente.

Na casa, a polícia encontrou marcas de sangue espalhadas por vários cômodos. Segundo a PM, o menor tinha marcas de arranhões em partes do corpo. A polícia acredita que a vítima lotou com o neto antes de ser morta, possivelmente por esfaqueamento. A arma usada no crime ainda não foi encontrada.

No caminho para a central de flagrantes o menor danificou a porta da viatura com chutes. Ele precisou ser algemado após ameaçar os policiais.

Publicidade


Zoofilia

Na casa o perito criminal encontrou preservativos usados. Segundo familiares, o menor praticava sexo com uma cachorra de estimação, mas nunca foi denunciado pelo crime de zoofilia.

De acordo com informações da PM, o menor confirmou ter assassinado a própria avó por ser um serial killer.

Ele passou por exame de corpo de delito no hospital municipal da cidade e depois foi levado a delegacia, onde é mantido preso.

Vítima Maria Aparecida Nogueira
Comentários