Morre ‘Marcelo Bate Estaca’, conhecido por comemorar crimes e ostentar armas na internet

Ele estava na UTI do Hospital João Paulo II há seis dias. Marcelo era acusado de vários roubos

12170
Marcelo Bate Estaca estava internado há seis dias — Foto: Facebook/Reprodução

Morreu nesta terça-feira (24) Marcelo Brito, conhecido como “Marcelo Bate Estaca”. Ele estava internado há seis dias na UTI do Hospital João Paulo II, depois de ser baleado em uma troca de tiros com a Polícia Militar (PM) na Zona Leste de Porto Velho.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de Rondônia (Sesau-RO), Marcelo morreu por volta de 2h30 da madrugada em decorrência de um “choque séptico”.

Marcelo Bate Estaca era conhecido por postar fotos na web segurando armas e comemorar os próprios crimes. Ele era acusado de vários homicídios e roubos na capital.

Troca de tiros

No dia 18 de setembro, Marcelo atacou policiais militares que atendiam uma ocorrência no bairro São João Batista.

Segundo o registro policial, o criminoso atirou várias vezes contra e os agentes revidaram com tiros, atingindo Marcelo no tórax e perna. Ao todo, três disparos atingiram Marcelo, que foi levado para a UTI do João Paulo II.

Na ocasião, a polícia apreendeu uma pistola e 21 munições, além de uma porção de droga. Na casa foi encontrada uma espingarda artesanal.

Fonte: G1/Rondônia