2300

Homem vai à delegacia registrar B.O por furto e acaba preso por porte ilegal de arma

Homem queria registrar queixa por furto de um celular

Um vaqueiro de 48 anos foi preso pela polícia depois de ir até a delegacia registrar um boletim de ocorrência (BO). O caso foi registrado em Chupinguaia, Cone Sul de Rondônia, e foi divulgado pelas autoridades neste final de semana.

Segundo a polícia, Aparecido Antônio Gonçalves chegou de carro na delegacia no sábado (7) para registrar um B.O., por furto. No entanto, os plantonistas da delegacia desconfiaram do vaqueiro e pediram autorização dele para revistar o automóvel. No veículo foi encontrado um revólver carregado com seis balas.

O trabalhador de fazenda confessou não ter registro e nem autorização legal para andar armado. Ele disse que comprou arma após ser ameaçado de morte, porém, não revelou o nome de quem teria feito as ameaças. A polícia confirmou que Aparecido jamais procurou a delegacia para registrar queixa por ameaça.

O homem foi preso por porte ilegal de arma e trazido para a Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) em Vilhena, onde permaneceu à disposição da Justiça. Ele deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira.

Comentários