4570

Homem que matou rapaz por vingança é condenado a 14 anos de prisão em Vilhena

Josimar (foto) foi morto por que não revelou onde estava seu amigo, que era procurado pelos criminosos.

O Tribunal do Júri de Vilhena condenou Emerson Conceição de Souza (37 anos) a 14 anos de prisão pelo assassinato de Josimar da Silva Rodrigues de Sá. O crime aconteceu no dia 4 de janeiro do ano passado, na cidade Chupinguaia e teria sido motivado por vingança, por que a vítima, se negou a revelar o paradeiro de um outro homem, que era procurado por Emerson e seu comparsa. O réu foi condenado pela prática de homicídio duplamente qualificado e cumprirá inicialmente a pena em regime fechado.

O outro acusado de participação no crime ainda será julgado.

O crime

Josimar, com 21 anos à época, primeiro foi baleado no peito e depois foi golpeado na cabeça com um pedaço de caibro. Ele morreu logo depois de dar entrada no hospital da cidade.

Publicidade

A namorada dele, de 13 anos, presenciou o crime. Na época, em depoimento à Polícia Civil, ela disse que Emerson e um outro homem arrombaram a porta e invadiram a casa à procura de Lucas, amigo de Josimar, no entanto, a vítima se negou a revelar o paradeiro do rapaz e então foi morto.

Após o crime a Polícia Civil abriu investigação e descobriu que Josimar estava atrás de Lucas por creditar que ele tinha participado da morte de seu enteado, Henrique da Cruz dos Santos, ocorrida no dia 1º de janeiro daquele ano. Porém, uma única pessoa foi condenada por esse crime, Érika Regiane da Silva foi julgada e condenada a 7 anos de prisão no dia 30 de maio deste ano.

Comentários