KANITAR OBERST: A lista de algumas coisas boas e outras ruins de Vilhena

1764

Coisas boas e ruins de Vilhena

Fazia um certo tempo que gostaria de colocar aqui, a lista de algumas coisas boa e outras ruins que acontecem em Vilhena.

Coisas boas como serviços prestados por empresas, tratamento educado de pessoas e até situações interessantes. E também, fazendo um contra ponto, outras coisas que vem revoltando o pessoal.

Acho que chegou a hora de fazer essa “listinha”, o que concordam que se manisfestem, e os que discordam que se manisfestem também, nos comentários. A ideia é que todos saibam o que é bom e o que precisa melhorar em Vilhena.

COISAS BOAS
      • O primeiro salve, vai para a assistência 24 horas, mas 24 horas de verdade do PROVEDOR VIP, precisamos de uma assistência técnica na redação do site na segunda-feira de carnaval às 19h30, e lá estavam eles por telefone resolvendo o nosso problema. Outros provedores na cidade encerram a assistência às 17h00 nos dias de semana;
      • É claro que o mérito não deve ir só para a secretaria de educação, Vivian Repessold, que organizou o Fórum Municipal de Educação de 2020, com a presença de ilustres palestrantes e workshop fantásticos, houve apoio de muitas instituições, mas cabe um justo voto de parabéns a ela, que conseguiu trazer de volta à cidade um evento de qualidade nesta área. Não é fácil agradar a todos, e parece que a professora Vivian conseguiu essa proeza neste evento;

     

      • Recentemente abriu uma barraquinha de cachorro quente na praça Nossa Senhora Auxiliadora, o Cachorro Quente Paulista, quase em frente a Studio Z. Eu que sou paulista tinha saudade do cachorro quente prensado de verdade, e com queijo por dentro e por fora. Em apenas um mês a clientela só tem aumentado e sempre elogiando o sabor do lanche, que custa só R$ 10,00. Vale a pena conferir;

     

      • Um salve para a Friron, que está investindo pesado na cidade, mesmo diante dos altos e baixos da economia. Este ano a empresa vão iniciar a construir um novo atacado às margens da BR-174. O local é provavelmente bem conhecido, ao lado do motel Volúpia, mas promete fazer frente a qualquer outro investimento que venha de fora. Isso é a iniciativa privada gerando empregos para a cidade;

     

      • Foram aprovados 25 ex-acadêmicos do curso de Direito da Faculdade AVEC no último exame da Ordem dos Advogados do Brasil, sendo que o total de aprovados em Vilhena foi de 30. A Faculdade ostenta o título da faculdade que mais aprova em concursos públicos do estado, a instituição há anos investe pesado no corpo docente e qualidade no ensino, o que vem gerando a base de conhecimento para o sucesso dos alunos;

     

      • A solidariedade dos vilhenenses em relação aos animais, é realmente forte, principalmente nas redes sociais. Quando algum animal está precisando de ajuda, ou foi perdido ou algo do gênero, um verdadeiro exército se mobiliza compartilhando fotos e mensagens para colaborar. Muito positivo.

     

     

    COISAS RUINS
      • A chuva é um fenômeno natural, mas o homem conseguiu prever quando ela acontecerá, da mesma forma, os vilhenenses conseguem prever quando haverá alagamentos nas ruas da cidade. Basta chover. Toda cidade tem alagamentos, mas a verdade é que entra prefeito, sai prefeito, a Avenida Melvin Jones e Paraná e várias outras ficam submersas;

     

      • A secretaria de obras de Vilhena está aparecendo trabalhando muito nas redes sociais (porque é de graça). Mas é verdade, estão trabalhando mesmo, mas infelizmente não consegue dar conta de tantos trechos sem asfalto na cidade. Se o poder público não asfaltar mais ruas será necessário uma divisão motorizada inteira para patrolar a cidade em poucos anos;

     

      • Vilhena tem a fama de ter em suas lojas, um atendimento ao público muito ruim, principalmente lojas de roupas, calçados e prestadores de serviço. Esta fama deve continuar, pois são incontáveis os prestadores de serviço, que estão pouco se lixando para serem cortês, ou ao menos dar um “bom dia”. Isso é impressionante, isso gera muitas vendas perdidas;

     

      • Um boteco de ponta de vila com som alto. É o que tem se transformado as sessões da Câmara de Vereadores este ano. O presidente da Câmara, Ronildo Macedo, não pode ouvir nenhum vereador cobrando mais serviço do prefeito Eduardo Japonês, que exacerbadamente toma as dores e solta o “pitbull” dentro de si. E os vereadores da oposição (Suchi e Samir) não se fazem por rogados e também elevam o tom. E assim fica montado o bate-boca. Era necessário ao prefeito eleger um líder de governo entre os vereadores, alguém para defender de forma parlamentar o prefeito e não com mordidas. O presidente da Casa, não pode fazer esse papel, não fica justo;

     

      • As faixa de pedestres elevadas precisam ser pintadas. Não sei o que está faltando, mas é visível que vários motoristas passam por elas e levam um grande susto. A maioria, é verdade já se acostumou e “decorou” onde elas estão, mas quem não é da cidade, certamente vai passar um apuro;

     

      • É de conhecimento geral e também do IBGE que Vilhena tem 60% da população evangélica, e que “em teoria” tem horror a festa pagã do carnaval. Mas a cidade não tem sequer uma matinê de carnaval para as crianças, nenhum clube promove um baile de carnaval. A festa passa apagada na cidade. Antigamente a prefeitura promovida matinê para as crianças e até se fazia concurso para a melhor fantasia infantil;

     

      • Dias atrás (45 dias) o VILHENA NOTÍCIAS enviou ofícios aos cartórios PÚBLICOS de Vilhena pedindo uma informação simples aos dois cartórios de notas e registros. Tais ofícios sequer foram respondidos. Parabéns aos tabeliães do Cartório Faccin e do Cartório Flores pela alcatifada atenção.

     

    A verdade é que parece ser mais fácil listar coisas ruins do que coisas boas, mas volta e meia, vamos fazer outras listas e inserir novos pontos de vista. Agora faça também sua lista nos comentários.