VÍDEO: Engenheiro elogia asfalto de Japonês, mas moradora tem casa completamente alagada em primeira chuva; prefeito manda secretários resolverem

8812

Na tarde de ontem, 29 de setembro, uma pequena chuva se precipitou sobre Vilhena, e pelo primeira algumas obras de asfaltos realizadas pela atual gestão de Eduardo Japonês foram “testadas”. Uma delas foi a pavimentação da 1º de Maio, apesar do engenheiro e secretário de planejamento, Eduardo Fernando da Silva, ter feito um vídeo que circulou nas redes sociais, elogiando o “batismo de chuva” e o sucesso da obra, uma moradora teve sua casa totalmente alagada.

O VILHENA NOTÍCIAS esteve na manhã desta quarta-feira na casa alagada, e encontrou a moradora revoltada. “Olha, eu avisei que a água toda da rua ia entrar aqui, que essas obras tinha que ter deixado os bueiros abertos la pra cima na rua Jamari. Agora entrou água em tudo, até no meu banheiro”, disse a moradora que não quis ser identificada para a matéria.

Muito desacreditada a morada disse que além da água da chuva, uma água muito fedorenta também entrou em sua casa, a qual ela acredita ser proveniente de alguma fossa. “Parece que até esgoto entrou aqui, estou muito chateada com tudo isso. Agora vieram aqui e prometeram que vão arrumar. Se não for promessa de político já está bom”, disse a mulher que reside no final da rua Jamari, no bairro São José.

A reportagem também encontrou o prefeito Eduardo Japonês, que estava reunido com alguns engenheiros e secretários para elaborar um plano para conter as águas das chuvas, enquanto os bueiros que dariam vazão pluvial tem que permanecerem bloqueados.

BUEIROS FECHADOS

A princípio as “bocas de lobo” foram fechadas, devido as obras ainda estarem sendo feitas no local, e se caso entrasse água iria complicar todo o trabalho, explicou a assessoria da prefeitura.

Ciente de que não é apenas um local, onde a água da chuva está causando transtorno na 1º de Maio, pois grande parte das casas estão abaixo do nível da rua, o prefeito Eduardo Japonês, disse à reportagem do VILHENA NOTÍCIAS que mandou sua equipe fazer um aterro e outras contenções para evitar transtornos aos moradores do local, por causa dessa deficiência da obra.

Quebra-molas deverão ser instalados, nas ruas de grande inclinação para evitar o fluxo de água grande e também direcioná-las para os bueiros, assim que eles forem abertos.

ASSISTA AO VÍDEO: 

 

 

Prefeito, secretários e engenheiros se reuniram na rua 1º de Maio nesta manhã para tentar resolver os problemas da obra.