Servidora da Sedam de Cerejeiras é morta a tiros no local de trabalho

O assassinato ocorreu na manhã desta segunda-feira (11) Lucilene foi morta a tiros em uma sala da SEDAM de Cerejeiras

18540

Na manhã desta segunda-feira (11) a servidora da SEDAM (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental) de Cerejeiras, Lucilene Costa, foi assassinada com tiros ao chegar ao seu local de trabalho.

Segundo informações preliminares, Lucilene que é viúva de Flávio Boiadeiro, brutalmente assassinado em um bar de Cerejeiras no dia 24 de maio deste ano, chegou em seu local de trabalho por volta das 07h a manhã, após entrar em sua sala e começa a trabalhar, um homem, ainda não identificado, abriu a porta do local onde Lucilene estava e disparou por diversas vezes e em seguida tomou rumo ignorado.

O corpo de bombeiros foi acionado, mas ao chegar no local a vítima já havia vindo a óbito.  A polícia militar preservou o local do crime e aguarda a chegada da polícia técnica cientifica para realização da perícia.