Segurança que deixou homem tetraplégico, com golpe de mata-leão, sofre acidente com cavalo

18020
Hemerson foi arrastado por mais de 30 metros e bateu a cabeça contra uma pedra. (Foto: Reprodução/Rede social)

O segurança particular Hemerson Martins Dalécio, de 35 anos, caiu do cavalo. Ele se acidentou neste sábado, 11 de julho, enquanto cavalgava em uma propriedade rural da Linha 11 no município de Cabixi (a 130 km de Vilhena). Na queda, Emerson ficou com o pé preso ao estribo e foi arrastado por mais de 30 metros e bateu a cabeça contra uma pedra, segundo amigos.

Após o acidente, o segurança ficou desacordado e foi atendido no hospital municipal de Cabixi e transferido para Vilhena. Ele fez exames no Hospital Regional e não foi constatada nenhuma fratura. A equipe optou em transferi-lo para Cabixi, onde ele permanece hospitalizado em observação.

Em 2018, Dalécio atuou como segurança particular no balneário Chácara da Amizade, em Vilhena, e se envolveu em um caso polêmico. Ele foi acusado de aplicar uma técnica de imobilização conhecida como mata-leão em um frequentador da festa, que discutia com uma mulher. A ação “desmedida” deixou tetraplégico o vendedor Robcleiton Vieira Keller, à época com 33 anos.

Comentários