RO: homem que teve o filho assassinato é preso por matar suspeito do crime; 52 tiros foram disparados

O outro detido é primo da primeira vítima.

1288

Policiais da DERCCV – 2ª Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida – prenderam, na manhã desta quinta-feira, 18 de janeiro, dois homens suspeitos de executarem Guilherme Matheus Araújo Nóbrega, de 20 anos, com 52 tiros, em Porto Velho. Um dos homens preso teve o filho assassinato em junho de 2023. O outro detido é primo da primeira vítima.

Para a Polícia Civil, a motivação do crime foi vingança.

Os homens são suspeitos de executarem Guilherme, com 52 tiros, no dia 1° de dezembro do ano passado em uma residência na Estrada dos Japoneses, quilômetro 5,5 da linha Cascalheira, na zona rural de Porto Velho.

Segundo divulgado pela Polícia, Guilherme era suspeito de ter assassinado Renan Marques, após uma discussão em junho.

Informações: SGC