Rildo Flores segue crescendo e chega a 12,4%, mostra Instituto IHPEC

Rosani continua em 2º lugar, mas cai de 30,7% para 26,4% em uma semana

2604

O Instituto Haverroth de Política, Estatística e Comunicação (IHPEC) realizou mais uma sondagem de intenções de voto para prefeito de Vilhena. As entrevistas foram feitas entre os dias 12 e 14 de outubro, com divulgação do resultado nesta sexta, 16.

De acordo com o levantamento do IHPEC, o prefeito Eduardo Japonês (PV) cresceu 2% na última semana e continua liderando a disputa, com 42,1% das intenções de voto. Por outro lado, a candidata Rosani Donadon (PSC), principal concorrente do atual prefeito, caiu 4,3% no mesmo período e aparece em segundo lugar, com 26,4%. Coronel Rildo (Podemos) permanece em terceiro lugar, com 12,1%. Em seguida, está Paulinho da Argamazon (Republicanos), com 5,6%. O candidato Miguel Câmara (PSB) vem por último, somando 2,2%. Os que não souberam responder ficaram em 11,8%.

O IHPEC também apresenta nesta sexta a evolução dos candidatos nas quatro últimas pesquisas realizadas pelo instituto.

Japonês tinha 38,3% em 08/09; subiu para 40,8% em 21/09; foi a 40,1% em 09/10; subiu dois pontos percentuais em 16/10 e agora está com 42,1% das intenções de voto.

Rosani tinha 27,4% em 08/09; foi para 28,7% em 21/09; subiu para 30,7% em 09/10; mas caiu 4,3 pontos percentuais em 16/10 e agora está com 26,1% das intenções de voto.

Rildo tinha 6,9% em 08/09; foi para 8,3% em 21/09; subiu para 10,7% em 09/10; cresceu 1,7 pontos percentuais em 16/10 e agora está com 12,4% das intenções de voto.

Paulinho tinha 1,8% em 08/09; foi para 2,2% em 21/09; subiu para 6,9% em 09/10; mas oscilou 1,3 pontos percentuais para baixo em 16/10 e agora está com 5,6% das intenções de voto.

Miguel, que não foi sondado nas estimuladas dos dias 08 e 21/09, apareceu com 1,9% em 09/10; subiu 0,1 ponto percentual em 16/10 e agora está com 2% das intenções de voto.

Os que não souberam responder eram 21,4% em 08/09; foram para 15,6% em 21/09; caíram para 9,7% em 09/10; esse número subiu 2,1 pontos percentuais em 16/10 e agora os indecisos são 11,8% dos entrevistados.

Realizada por conta do próprio IHPEC, essa sondagem dos dias 12 a 14 de outubro foi estimulada, apresentando as opções de candidatos aos entrevistados. Nesta amostra foram ouvidas 420 pessoas nas principais avenidas e setores da cidade. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número RO-04586/2020. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos. E o intervalo de confiança é de 95%.

Durante as entrevistas, o IHPEC tomou todos os cuidados e seguiu as medidas de segurança em razão da pandemia de covid-19.

 

Fonte: IHPEC