Paulinho da Argamazon diz que seus projetos são de uma Vilhena para os vilhenenses

1344
Foto: Renato Spagnol

Em visita de cortesia ao VILHENA NOTÍCIAS, o pré-candidato a prefeito Paulinho da Argamazon e seu vice Comandante Bueno, comentaram que seus projetos para um futuro mandato para a cidade se baseiam em uma Vilhena para os vilhenenses.

“Estamos cansados de ver uma disputa de grupos políticos para ver quem manda na cidade. Eu tenho a ideia de trazer algo novo, que vise dar crescimento e desenvolvimento para as pessoas. Pretendo focar na qualidade de vida, geração de emprego e capacitação do setor público”, disse Paulinho.

Segundo o pré-candidato a agricultura familiar é um grande pilar da economia do município, e os gestores quase não dão importância a ela.

“Pela agricultura familiar conseguimos gerar empregos, fazer a cidade produzir seus alimentos e movimentar os mercados. E é fácil dar incentivos e fazê-los crescer, os maiores compradores dos agricultores familiares são o governo e a prefeitura”, explicou o pré-candidato.

Paulinho e Bueno concedem entrevista ao jornalista Kanitar Oberst. (Foto: Renato Spagnol)

A qualidade de vida é onde o vilhenense mais tem carência diz o pré-candidato do partido Republicanos. “Não vejo uma praça bonita, um parquinho funcionando para as crianças. O nosso parque ecológico deveria ter uma lanchonete via licitação, pista de ciclismo, quadra de esportes entre vários outros atrativos. Os vilhenenses precisam ter da prefeitura uma contra-partida para poderem ter uma qualidade de vida”, argumentou.

SAÚDE

Dentro do setor de saúde, Paulinho frisa que está outro pilar de seus projetos, que é a capacitação e a gratificação dos servidores. “Isso vale para a saúde, mas servirá para Educação, Obras e vários outros setores. Um servidor bem remunerado, com gratificação, um médico ganhando bem, um professor satisfeito com seu salário são profissionais que vão render muito melhor, e vão servir a população de Vilhena muito bem. Mas o que vemos até hoje é uma briga para não dar o que servidor precisa”, comentou.

Mostrando entrosamento com seu vice, Paulino disse que na área de saúde, o Comandante Bueno, vai ajudar muito, como é o caso do SAMU.

Bueno relata que os atuais gestores e vereadores deixaram escapar o SAMU e o serviço foi instalado em Ariquemes. “Não vamos perder a chance de ter um SAMU em Vilhena. Nós precisamos disso para salvar vidas. Hoje o bombeiro ao resgatar uma vítima, não pode fazer nenhum procedimento médico. E com o SAMU um médico já é levado junto com a unidade de resgate”, frisou Bueno.

EDUCAÇÃO

Dentro de seus projetos, o pré-candidato a prefeito Paulinho, quer unir as igrejas e a prefeitura para fazer parcerias para a criação de creches.

“Quem prometer creches vai estar mentindo, o custo para mantê-las é grande para a educação, acredito que uma parceria entre igrejas e a prefeitura pode criar creches para que as crianças possam ficar e seus pais trabalharem”, disse Paulinho.

SEGURANÇA PÚBLICA E DESBUROCRATIZAÇÃO

Dentro da segurança pública, Pulinho e Bueno querem criar a Guarda Municipal de Vilhena, como policiais militares concursados e treinados para ser agentes da lei, com conhecimentos técnicos, de legislação criminal, com viaturas e armamento.

“Não queremos criar mais despesas, queremos criar policiais para servir os vilhenenses. E a guarda municipal pode fazer com que a cidade tenha uma segurança pública muito melhor. Sobraria um maior tempo para Polícia Militar atuar de forma ostensiva com crimes de maior envergadura e Vilhena teria a paz tão almejada por todos nós”, comentou Bueno.

Paulinho citou o famoso “habite-se” que atualmente é encarado como uma das maiores burocratizações da prefeitura, entre outras.

“Vamos de forma enérgica acabar com essa burocracia sem motivos. Queremos que a cidade cresça, e não vamos ficar ‘enrolando’ quem quer construir, quem quer vender suas construções. Se formos eleitos vão ser exemplos de celeridade em processamento de documentos à população”, confirmou Paulinho.

OS PRÉ-CANDIDATOS

Paulinho da Argamazon tem 44 anos e é nascido em São José dos Quatro Marcos em Mato Grosso. Ele mora em Vilhena há 30 anos e já foi garçom, vendedor de mel, hoje contador e empresário.

Bueno é nascido em Pereira Barreto em São Paulo, tem 53 anos, formado em gestão Ambiental e pós-graduado em Segurança do Trabalho, além de ter 30 anos dentro da Corporação da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.