Moradora do Jardim Eldorado reclama de obra recém iniciada pela Semosp

Por recomendação do Ministério Público, a Secretaria Municipal de Obras está limpando diversas galerias pluviais da cidade.

2648
Foto: Renato Spagnol

Uma moradora do bairro Jardim Eldorado reclama de uma obra da Prefeitura de Vilhena que está sendo executada na avenida 30, entre as avenidas Liliana Gonzaga e Brigadeiro Eduardo Gomes. Sem apresentar qualquer prova, ela diz que a Semosp pretende ligar uma rede paralela de manilhas, que sairia do pátio da Secretaria, para despejar óleo das máquinas na rede de tubulação.

Procurada, a assessoria de Imprensa da Prefeitura de Vilhena informou que “por recomendação do Ministério Público, a Secretaria Municipal de Obras está limpando diversas galerias pluviais da cidade. Esta, que sai da avenida 30 e vai até a avenida Brigadeiro Eduardo Gomes, é uma delas.

Ainda segundo a prefeitura, “há vários anos sem manutenção, a tubulação está com terra, pedras, galhos e completamente obstruída”. Explicou ainda que “como os tubos têm 80 centímetros, não há como realizar a limpeza entrando neles, como é feito nos outros maiores. Assim, para retirar o entulho das galerias, é preciso retirar os trechos dos tubos e efetuar a limpeza. Isso exige escavação e, consequentemente, a poda ou retirada de algumas árvores”.

A prefeitura confirmou que uma “moradora interpelou os servidores tentando impedir que eles fizessem o corte de uma árvore que fica próximo de sua casa”. A prefeitura irá informar a situação ao Ministério Público, caso não consiga uma solução amistosa com a moradora.