Intercâmbio para estudantes e professores de inglês é lançado pelo Governo de RO

1796

Como iniciativa inovadora, o Governo de Rondônia oficializou, nesta terça-feira (23), o lançamento do Programa Intercâmbio Rondônia, que selecionou 20 estudantes e 11 professores para participarem de um intercâmbio de duas semanas na Inglaterra, entre julho e agosto de 2024. Os selecionados integram as escolas participantes do Projeto Aprendizagem e Diversidade do Ensino da Língua nas Escolas Públicas. A lista contendo os selecionados está disponível na aba publicações do site da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), sendo uma voltada para professores e a outra para estudantes.

Os docentes escolhidos permanecerão em Londres durante um período de duas semanas, para um curso de aperfeiçoamento em Língua Inglesa, alinhado à oportunidade de ampliar sua bagagem cultural por meio de interações com indivíduos de várias nacionalidades, e visitas a instituições emblemáticas do país, como museus, universidades e teatros. Enquanto isso, os estudantes desfrutarão da prestigiosa Universidade de Oxford, situada na cidade de Oxford, participando, sob os cuidados de tutores dedicados, de uma série de atividades acadêmicas e culturais que fomentam, tanto a interação com intercambistas de diferentes origens quanto o envolvimento em tarefas recreativas e culturais enriquecedoras.

DESENVOLVIMENTO LINGUÍSTICO

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, este programa, idealizado durante sua gestão, vai transcender o desenvolvimento sócio e linguístico, proporcionando aos professores e alunos, a oportunidade não apenas de aprimorar suas habilidades, mas também de se conectar com indivíduos de todo o mundo, explorar novas culturas e descobrir programas que permitem estudos no exterior, como bolsistas. “Os investimentos e ações voltados à Educação tem apresentado resultados. O conhecimento adquirido durante o intercâmbio irá contribuir para o desenvolvimento e aprimoramento das comunidades locais”, ressaltou.

 

SELEÇÃO

Segundo o coordenador do programa, Djair Fogaça, o intercâmbio tem como missão facilitar experiências internacionais para estudantes e professores de inglês do ensino fundamental da Rede Pública Estadual de Ensino. “A seleção meticulosa dos estudantes levou em conta, a excelência acadêmica, o comprometimento com seus projetos de vida, engajamento em iniciativas escolares para aprimorar habilidades em inglês, conduta exemplar entre os colegas e a colaboração eficaz com a equipe escolar”, explicou.

No que diz respeito aos educadores, foram escolhidos aqueles que demonstram dedicação constante ao processo de ensino-aprendizagem, proporcionando aos alunos uma educação enriquecedora. Segundo Djair Fogaça, foram preconizados na seleção – aqueles que enriquecem metodologicamente suas aulas com temas transversais e apresentam ações positivas relacionadas aos projetos e programas desenvolvidos pela Seduc. “A participação ativa em capacitações oferecidas pela Seduc foi um critério crucial para a seleção e preparação”, evidenciou.

REALIZAÇÃO

Para a estudante, Ana Julia, de 14 anos, matriculada na escola Estudo e Trabalho, ser selecionada para o intercâmbio em Oxford é a realização de um sonho. “Lembro de salvar pastas em meu celular, planejando todos os detalhes, inclusive, as roupas que eu usaria. Isso sempre foi um sonho muito grande para mim. Treinar meu inglês, conhecer a cultura, até mesmo a culinária; é algo emocionante para mim. Saber que vou realizar esse sonho de muito, é maravilhoso. Eu agradeço ao governo do Estado por esse projeto e a todo apoio dos meus pais e da escola”, enfatizou.