Homens que trabalham na construção do Shopping em Vilhena brigam e são conduzidos à Unisp

Facada foi evitada por testemunha.

470

Três homens que trabalham na construção do novo shopping em Vilhena acabaram na Unisp na noite de ontem, terça-feira, 07 de novembro, depois de se envolverem em uma briga que só não teve um desfecho pior por que um dos companheiros de trabalho interviu.

De acordo com os fatos, uma guarnição da PM foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de homicídio. No local estavam o agressor, um home de 43 anos e a vítima (44), além da testemunha. Os três moram em uma casa que é o alojamento da equipe da obra. O agressor não foi ao trabalho e teria ficado na casa ingerindo bebidas alcoólicas.

Uma discussão por motivos banais teve início logo que a vítima voltou para o alojamento. Foi quando o agressor se apossou de uma faca e tentou contra a vida de parceiro de trabalho.

A testemunha da tentativa de homicídio interviu e tentou arrancar a arma branca das mãos do agressor e acabou sendo ferida na mão esquerda.

O embriagado ainda lançou um tijolo em direção da primeira vítima, mas não o atingiu.

Acionada, a polícia conduziu o trio à Unisp para as medidas cabíveis.