FACULDADE AVEC: Professora e acadêmica contam como é a rotina de aulas na pandemia

1852

A professora Márcia Carvalho Pereira, da disciplina de Direito Previdenciário, da Faculdade AVEC-REGES conta que as aulas ao vivo têm tido grande participação dos acadêmicos, mas que houve a necessidade de um período para que todos se adequassem, a nova realidade criada pela pandemia.

“Houve um período de adaptação, em que acadêmicos precisaram ser estimulados a assistir e participarem dessas aulas por meio da internet. Agora, vejo que a maioria está empenhada e estimulada, e nós professores estamos conseguindo ministrar nossos conteúdos a todos de forma ampla. Não é fácil ainda, mas estamos conseguindo um ótimo resultado”, contou a professora.

Ainda, segundo a docente, os acadêmicos têm mostrado bastante interesse pela disciplina, mesmo no último semestre do curso, “O Direito Previdenciário já uma ramo do Direito em que muitos operadores do Direito gostam de trabalhar, e com as mudanças ocorridas nas regras previdenciárias, no final de 2019, através da Emenda Constituional 103, e os com desafios que o segurado e a pessoa carente têm enfrentado neste tempo de pandemia e suspensão do atendimento presencial do INSS, acredito que os estudantes estão demonstrando maior interesse em conhecer as mudanças para aplicá-las em sua vida profissional”, comentou a professora e advogada.

Márcia conta que tem aplicado “avaliações” ao final das aulas, o que tem mantido os acadêmicos conectados em sua disciplina e garantido pelo menos 70% de presença nas aulas ao vivo.

No ano passado, 2019, os alunos que cursaram essa disciplina realizavam atendimento da população na “Semana AVEC Previdenciária”, com esclarecimento de dúvidas quanto às novas regras da Reforma da Previdência, o que não será possível neste ano, em razão da Pandemia do COVID-19, o que muito lamentou a professora, “Espero que no ano vindouro possamos aplicar os estudos feitos dentro da universidade para além de seus muros, e fazer a II Semana AVEC Previdenciária”.

ACADÊMICOS

A acadêmica do curso de Direito Bruna Vitória, 24 anos, disse que corpo docente e discente foram aprendendo juntos como utilizar o aplicativo “Meet”, e assim se adaptando as aulas não presenciais, mas ao vivo.

“Com as diversas restrições de relacionamento social, por causa da pandemia do Covid-19, tivemos que passar por uma fase de adaptação, e acredito que os professores da Faculdade AVEC-REGES também. Hoje temos uma média de 50 alunos assistindo as aulas.

A formando em Direito relata que apesar do distanciamento físico, as aulas virtuais possibilitaram uma aproximação entre aluno e professor, bem como entre os próprios alunos. “Considerando os mais de 5 meses que estávamos sem contato uns com os outros, as aulas foram de grande valia para mantermos contato. Durante as aulas é possível fazer perguntas aos professores e os trabalhos e provas são postados pelos alunos para verificação de aprendizagem na plataforma da faculdade Moodle”, explicou Bruna.

Quanto aos conteúdos ministrados nas disciplinas para os alunos do último ano, como no caso de Bruna, que visam preparar o acadêmico para sua vida profissional e também para o Exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), tem tido um aproveitamento favorável e foi fundamental, pois sem as aulas ao vivo, os alunos teriam uma deficiência ou perderiam um ano talvez.

“Eu acredito que toda essa situação, como toda mudança pode trazer benefícios ou malefícios. Mas precisamos saber encarar as adversidades com fé, paciência. E bom ânimo é essencial para a vida acadêmica, afinal o mercado de trabalho é desafiador”, concluiu Bruna.