Centro do Idoso promove confraternização online com música e sorteio de brindes

1ª Live da Melhor Idade acontece no dia 27, às 19h, no Facebook da Prefeitura de VIlhena

284
Foto: Semcom/Divulgação

Em respeito às regras de distanciamento exigidas pela pandemia, o Cati (Centro de Atendimento ao Idoso) realiza sua tradicional confraternização de fim de ano de maneira diferente: pela internet. Uma live repleta de música, sorteios, diversão e anúncios da nova programação do Cati para 2020 será realizada a partir das 19h da próxima sexta-feira, 27, na página do Facebook da Prefeitura de Vilhena, com transmissão a partir do auditório do Centro de Treinamento e Cultura da cooperativa de crédito Sicoob Credisul, que apoia a iniciativa.

“Essa pandemia foi muito difícil para nossos alunos do Cati. Como eles são do grupo de risco, as restrições a eles foram ainda mais severas e alguns chegaram a entrar em depressão. O Cati existe justamente para que eles se mantenham ativos, então fizemos visitas com música, conversas individuais e agora faremos esse evento de fim de ano para trazer um pouco de alegria a todos”, explica Cleivete Lucas, coordenadora do Cati.

No evento online haverá show musical do cantor Brutus Viola, sorteio de brindes de empresas parceiras e também a entrega de duas Conta Poupança do Sicoob Credisul. A live servirá também para o Centro realizar uma retrospectiva dos melhores momentos dos últimos dois anos, conscientizar os idosos sobre a necessidade de prevenção durante a pandemia e anunciar novos projetos que estão planejados para 2021.

“Temos a intenção de colocar para funcionar no Cati uma sala de aula de informática com aulas semanais para todos os interessados do Centro. Já temos os computadores e assim que for possível retornar as atividades isso pode ser realidade”, conta o secretário municipal de Assistência Social, Rafael Reis.

Sem perder nenhum de seus alunos para a covid-19, o Cati mantém o atendimento a todos os idosos da unidade por meio de visitas da coordenação nas casas. Isso porque está sendo feito um recadastramento de cada um com vistas a levantar os impactos da pandemia na vida dos idosos, conforme orientações do Governo Federal.

Fonte: Semcom