Casal que entregava drogas em lanchonetes de Vilhena é preso; revólver estava guardado em casa

Criança de 10 meses estava no carro com a mãe.

6185

Na noite de ontem, sexta-feira, 26 de maio, a polícia abordou um veículo Ford Ka, de cor vermelha, que já vinha sendo monitorado por agentes e deu o bote certeiro. O condutor acabara de sair de sua residência para fazer entrega de drogas na cidade. A suspeita era de que o jovem fornecia drogas em uma lanchonete na avenida José do Patrocínio e também na avenida Curitiba em Vilhena.

Durante revista pessoal foi localizado no bolso do suspeito um invólucro plástico contendo dois comprimido de ECSTASY, droga sintética, popularmente conhecida entre os usuários como “balinha” e dois involucro plástico com pó branco, pesando aproximadamente 09 gramas, que o próprio rapaz afirmou ser cocaína.

Com o rapaz estava sua amásia e o filho do casal de apenas 10 meses.

O jovem confirmou aos policiais que comercializa as drogas e que realmente havia saído de casa para fazer as entregas.

Já na casa do suspeito, foram encontrados 168 gramas de Cocaína e 28 gramas de maconha, uma balança de precisão, um caderno contendo anotações das vendas das drogas e em cima do guarda roupas foi localizado um Revólver marca ASTRA modelo 960, cabo de madeira, oxidado.

O rapaz recebeu voz de prisão, onde foi lhe informado seus direitos constitucionais e apresentado à UNISP em condições físicas normais, juntamente com sua amásia. Já a criança foi entregue com sua autorização para a avó paterna.