Vilhenense enfrenta hoje time de Manaus pela 6ª rodada da Série D

Time de Vilhena tem quatro pontos e ocupa a sexta colocação.

244

Fast-AM e Vilhenense-RO se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), no estádio Ismael Benigno, a Colina, Zona Oeste de Manaus, pela sexta rodada da Série D do Brasileirão. Essa é a primeira vez que as equipes se encontram numa partida oficial. O duelo não terá a presença de público em função da pandemia da Covid-19 e do protocolo definido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Os adversários têm metas opostas na tabela. Quarto colocado no grupo 1, com oito pontos, o Fast quer voltar a vencer após empatar sem gols na rodada passada contra o Ji-Paraná-RO, fora de casa. A equipe comandada por Ricardo Lecheva está invicta em seus domínios.

Já o Vilhenense, que é comandado pelo técnico Felipe Romário, está um pouco mais na parte de baixo da tabela. Com quatro pontos, ocupa a sexta colocação, uma fora da zona de rebaixamento. Nos últimos dois jogos, a equipe sofreu duas derrotas e um empate.

Notícias boas no Fast. Depois de um duelo com vários desfalques na última rodada, o clube amazonense terá as voltas de dos meias Emerson Bacas e Marco Goiano, além do atacante Daivison. O primeiro estava gripado e os demais se recuperaram de lesões.

Marco Goiano é uma das surpresas para o torcedor fastiano. O meia se machucou antes da estreia e até então estava ausente da lista de relacionados. Além dos três, o Fast também relacionou para o duelo o atacante Raylson, recém-contratado, e o volante Pelezinho, que se recuperou de lesão. A baixa no time ainda é o volante Dênis Pedra, que ainda não se recuperou de lesão.

O elenco do Vilhenense mal chegou em Manaus e já foi a campo para treino regenerativo, no gramado do estádio Carlos Zamith. A atividade foi comanda pelo preparador físico Leonardo Coelho, que trabalha para recuperar a condição física dos jogadores nesta maratona de jogos e viagens quase intermináveis.

O técnico Felipe Romário conta com vinte jogadores relacionados para o duelo contra o Fast, na Colina. A boa notícia é que nenhum jogador está no departamento médico e suspenso por cartões.

Fonte: Globo Esporte Rondônia