Rotary Internacional: 116 anos servindo a comunidade

O Rotary é uma rede global de líderes comunitários, amigos e vizinhos que veem um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo.

584

Os rotarianos no mundo inteiro comemoram nesta terça-feira, dia 23 de fevereiro de 2021, o 116º aniversário da primeira reunião de um Rotary Club. Nesse dia, em 1905, Paul Harris, Gustavus Loehr, Hiram Shorey e Silvester Schiele encontraram-se e Harris contou aos seus amigos o projeto de fundar um clube.

No dia 23 de fevereiro de 1905, Paul P. Harris, Gustavus Loehr, Silvester Schiele e Hiram E. Shorey se reuniram no escritório de Loehr, em Chicago (EUA), para uma ocasião que ficaria conhecida como a primeira reunião de Rotary Club. O desejo de Harris de promover o companheirismo entre profissionais uniu esses quatro homens e levou à criação de uma organização internacional de serviços humanitários. Mas, afinal de contas, o que realmente é o Rotary Club e o que faz?

Este foi o humilde começo da primeira organização internacional de serviços humanitários que agora inclui cerca de 1,2 milhão de associados e 36.000 clubes em 220 países e áreas geográficas.

Um Rotary Club é um clube de profissionais que congrega líderes das comunidades em que vivem ou atuam, fomentando um alto padrão de ética e ajudando a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo. Eles prestam serviços voluntários não remunerados em favor da sociedade como um todo ou, em casos específicos, de pessoas necessitadas, assim como entidades que atuam também em favor de desamparados. Em linhas gerais, são simplesmente voluntários que se reúnem para desenvolver projetos à comunidade.

Para resolver problemas reais, é preciso compromisso, visão e pessoas que entram em ação. Com dedicação, energia e inteligência, nossos associados ajudam a humanidade há mais de 110 anos. Por meio de projetos sustentáveis em diversas áreas, como alfabetização, paz, saúde e recursos hídricos, estamos sempre procurando maneiras de criar um mundo melhor.

O QUE OS ROTARIANOS FAZEM?

O Rotary International, ou simplesmente Rotary, é a maior ONG do mundo, e se identifica sempre por uma marca/logotipo, que é uma roda dentada. É membro permanente das Nações Unidas (ONU) — mais de 40% das pessoas envolvidas na fundação desta importante organização, em 10/12/1948, eram rotarianos. Rotary não é entidade beneficente, não faz caridade e nem distribui dinheiro. Por intermédio de seus associados, os “rotarianos”, são feitos projetos que servem para beneficiar um evento, pessoas carentes, entidades, países, calamidades, etc. Os projetos em sua maioria devem ser auto-sustentáveis.

Mundialmente, o Rotary é formado por distritos, que são formados por clubes. Cada clube é uma célula autônoma do organismo mundial, mas respeitando a hierarquia e as normas básicas emanadas da direção geral, que é comandada por um presidente mundial. Cada distrito é administrado por um governador e cada clube é dirigido por um Conselho Diretor, comandado por um presidente. Todos estes cargos são exercidos sempre por um ano, o que garante ampla democracia e permanente renovação. O período de gestão é o ano rotário, que começa sempre em 1º de julho e vai até 30 de junho do ano seguinte. Todos os cargos são honoríficos, portanto, não remunerados.

Por acreditar em encontrar soluções para muitos problemas mundiais, os mais de 36.000 Rotary Clubs trabalham para:

  • Promover a paz
    • Combater doenças
    • Fornecer água limpa e saneamento
    • Cuidar da saúde de mães e filhos
    • Apoiar a educação
    • Favorecer o desenvolvimento econômico

MISSÃO

A Missão do Rotary International é servir ao próximo, difundir a integridade e promover a boa vontade, paz e compreensão mundial por meio da consolidação de boas relações entre líderes profissionais, empresariais e comunitários.

DECLARAÇÃO DE VISÃO DO ROTARY

Juntos, os Rotarianos vêem um mundo onde as pessoas se unem e entram em ação para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo.

Desde que foi criado, o Rotary segue alguns princípios básicos, desenvolvidos para que os Rotários atinjam o Ideal de prestação de Serviços e altos padrões de ética.

O Objetivo do Rotary é estimular e fomentar o Ideal de Servir, como base de todo o empreendimento digno, promovendo e apoiando:

  1. O desenvolvimento do Companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de Servir.
    2.   O Reconhecimento do mérito de toda a ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional.
    3.    A melhoria da Comunidade pela conduta exemplar de cada um na vida pública e privada.
    4.   A aproximação dos profissionais de todo o mundo, visando a consolidação das boas relações, da cooperação e da Paz entre as Nações.

Fundação Rotária

A Fundação Rotária é uma entidade sem fins lucrativos que recebe contribuições e distribui fundos para apoiar programas humanitários e educacionais a serem desenvolvidos pelos Rotary Clubs e pelos distritos rotários. A missão da Fundação Rotária é capacitar os rotarianos para que eles possam promover a boa vontade, a paz e a compreensão mundial por meio de projetos voltados às áreas de saúde, educação e combate à fome. Cada dólar contribuído à Fundação Rotária ajuda a financiar seus programas humanitários, educacionais e culturais, além dos custos operacionais. Clubes e distritos candidatam-se e recebem subsídios para executar projetos em todo o mundo.

As contribuições recebidas pela Fundação Rotária são creditadas em três fundos: Fundo Anual para Programas, que financia os programas da fundação; Fundo Permanente, que recebe apenas parte dos rendimentos empregados para garantir a viabilidade dos programas da entidade em longo prazo; e Fundo Polio Plus, que reúne recursos para as iniciativas voltadas à erradicação mundial da poliomielite.

Intercâmbio de jovens

O Intercâmbio de Jovens do Rotary ou Programa de Intercâmbio de Jovens (PIJ) é um dos principais projetos do Rotary International. Desde a década de 20, o Rotary International tem mandado jovens mundo afora para experimentar novas culturas. Todos os anos, milhares de estudantes do ensino médio são patrocinados por Rotary Clubs no mundo todo.

No início, o Intercâmbio de Jovens envolvia apenas alguns clubes. O primeiro intercâmbio dentro da história rotária foi organizado em 1927, com o Rotary Club de Nice, na França. Com o início da Segunda Guerra Mundial, os intercâmbios europeus cessaram, mas foram reiniciados após essa conflagração. Dez anos mais tarde, este projeto chegava até a América, mais precisamente aos Estados Unidos.

Intercâmbios entre clubes da Califórnia e países latino-americanos foram iniciados em 1939, e estenderam-se ao leste dos Estados Unidos em 1958. Em 1972, o Rotary International resolveu sugerir e encorajar todos os Rotary Clubes do mundo a patrocinar o Intercâmbio de Jovens do Rotary como importante atividade internacional. Atualmente, mais de 100 países estão envolvidos no Programa de Intercâmbio do Rotary International, que conta com a participação de, aproximadamente, 9000 jovens todos os anos.

Com mais de 32.000 clubes em todo o mundo, o Rotary International conta com uma imensa rede de voluntários prontos para servir dentro ou fora de suas comunidades, patrocinando um dos maiores programas de intercâmbio de jovens do mundo. No Brasil, a procura pelos serviços do Rotary é intensa. Em 2001, por exemplo, o número de intercambistas envolvidos bateu o recorde, com a marca de 1.023 jovens, o que representou 55% dos intercambistas da América Latina.

Dentro do sistema do Rotary International, existem três tipos de intercambistas: os inbounds, aqueles que estão em um país anfitrião; outbounds, que são os estudantes patrocinados que saem de seu país de origem para morar em outro; e os rebounds, que é o estudante que retorna ao país de origem, após o intercâmbio.

O programa de longa duração é aquele no qual o intercambista entre 15 e 19 anos cursa um ano letivo no exterior e mora na casa de uma ou até quatro famílias, sendo três o número mais comum. No programa de curta duração o intercambista passa as férias no exterior — geralmente não envolvem experiência acadêmica e a duração é de, em média, dois meses. O programa jovem destaque é voltado para os que não conseguem pagar o programa, mas se destacam em sua comunidade; nesse caso são patrocinados financeiramente por um Rotary Club.

Tendo em vista que o intercâmbio de jovens do Rotary é muito procurado, o processo seletivo teve de ser posto em prática. Ele pode variar de distrito para distrito ou de país para país.

No Brasil

Em 1916, Richard Momsen, advogado norte-americano, atuou como cônsul-geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro e participou de uma das reuniões semanais do Rotary Club de Chicago. Herbert Percival Coates, um inglês residente em Montevidéu, no Uruguai, também esteve presente à reunião, assim como Ches Perry, que atuou como organizador e secretário da Associação Internacional de Rotary Clubs — hoje, Rotary International. Momsen e Coates ficaram tão entusiasmados com o que viram e pelo que lhes foi dito por Perry que iniciaram os trabalhos de organização do primeiro Rotary Club da América do Sul.

Em julho de 1918, era fundado o Rotary Club de Montevidéu. Em 1922, as comemorações dos 100 anos de Independência do Brasil, bem como suas fortes repercussões, serviram de incentivo para a fundação do Rotary Club do Rio de Janeiro. Herbert Coates, então secretário geral do Rotary Club de Montevidéu e também membro do Comitê para Expansão do Rotary, além da Associação de Rotary Clubs, veio ao Rio e conseguiu despertar o interesse de 16 indivíduos — a maioria, brasileiros –, que fundaram o primeiro Rotary Club do Brasil, em 15 de dezembro de 1922.

Contudo, a oficialização da admissão do Rotary Club do Rio de Janeiro no Rotary International somente foi registrada em 28 de fevereiro de 1923, que passou a ser a data de aniversário da organização no Brasil. A história do Rotary Club carioca é bastante rica. O plantio da semente do Rotary em todo o Brasil resultou, em 1924, na fundação do Rotary Club de São Paulo e, subsequentemente, nas dos Rotary Clubs de Santos (1927), Belo Horizonte (1927), Juiz de Fora (1928) e Niterói (1928).

Foi também por meio da iniciativa de um grupo de dedicados sócios do Rotary Club do Rio de Janeiro que o informativo Notícias Rotárias (fundado em 1924) teve seu nome mudado para Rotário Brasileiro, passando, depois, a chamar-se definitivamente Brasil Rotário. A publicação visa à difusão do ideal de servir, sendo a revista regional oficial do Rotary International para os rotarianos do Brasil.

A semente plantada em 1923 pelo Rotary do Rio germinou e deu frutos: hoje, são 31 distritos no Brasil, com mais de 2.413 unidades rotárias e 51.265 mil rotarianos. No mundo rotário, o Brasil encontra-se em terceiro lugar em número de clubes e em quinto quanto aos sócios. Duas convenções internacionais já foram realizadas no Brasil: em 1948, no Rio de Janeiro, com 7.511 participantes; e em 1981, em São Paulo, com 15.222 pessoas. Três ilustres rotarianos brasileiros já ocuparam a presidência do Rotary International: Armando Pereira (1940-41), Ernesto de Mello (1975-76) e Paulo da Costa (1990-91), todos falecidos.

INVESTIMENTOS NA CIDADE

Na Cidade de Porto Velho, existem três Clubes de Rotary que atuam fortemente junto à comunidade, o Rotary Club de Porto Velho, o Rotary Club de Porto Velho Rio Madeira e o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, o mais recente dos três e comemora no Próximo dia 28 de Fevereiro 08 meses de Fundação na Capital.

O Rotary Clube de Porto Velho Madeira Mamoré, foi Criado em Junho de 2020, em plena Pandemia, somos o Terceiro Clube de Rotary na Capital Porto Velho, nestes 08 (oito), meses de Fundação já prestamos relevantes serviços à comunidade de Porto Velho, dentre os quais podemos citar:

  • A contribuição para o fundo da poliomielite, da Fundação Rotária, para beneficiar 894 crianças com vacinas, apoiando assim à erradicação da poliomielite no mundo. Contribuição para o fundo da pólio mais: US178,88, transformado em US$ 536,66 com a correspondência da Fundação Bill & Melinda Gates, fundos para 894 vacinas;
  • Campanha Novembro Azul alerta para prevenção do câncer de próstata;
  • Outubro Rosa: Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré e Instituto Bibo’s promove Campanha de Conscientização para as Mulheres, e arrecada cabelos para confecção de Perucas para Mulheres em tratamento oncológico.
  • AÇÃO EMERGENCIAL: Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré é parceiro na Ação “Rifa online solidária” – para ajudar a Comunidade Brasileira no Líbano.
  • Intercâmbio para a Criação do Rotary Club Satélite de João Pessoa – Porta do Sol – Fagundes Paraíba – Distrito 4500
  • Operação Covid-19- Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720, fez a doação de 100 protetores faciais ao CBMRO – Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia.
  • Dia Mundial de Combate à Pólio, No Sábado, dia 24, Dia Mundial de Combate a Pólio, na cidade de Porto Velho| RO, os rotarianos do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720 participaram de: Pit Stops, palestras, som ao vivo com Jingle da Campanha, orientação, palestra, presença de Autoridades da Área da Saúde e muita alegria no Espaço Alternativo da Cidade,tudo isso para conscientizar os pais a levarem as crianças para serem vacinadas
  • Diversas entrevistas foram concedidas na RÁDIO RBN 91,5 FM, no PROGRAMA CAFÉ NOTÍCIA, com o Jornalista MARCO WOLFF as 6:30 h, com Vice Presidente do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré falando sobre a Campanha de Vacinação da Pólio 2020, e a Mobilização do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré para que Porto Velho atinja a Meta deste ano.
  • PROJETO ROTARY CULTURAL: O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré promoveu o dia de lazer para crianças no NAAC-Núcleo de Apoio a Criança com Câncer em Porto Velho.
  • Com o Projeto “Fios de Amor”, recebemos doações de cabelos, repassamos ao Instituto parceiro, que transforma em perucas e juntos, Rotary e Instituto, doamos para crianças e mulheres diagnosticadas com câncer ou que causam a queda dos cabelos!
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré participou da telepolio, um evento virtual que ocorreu no dia 17 de outubro com o objetivo de arrecadar 60 mil dólares para o combate à paralisia infantil no mundo. O evento foi transmitido às 11h no YouTube.
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré realizou o Projeto “O ROTARY CANTA PVH” | em Homenagem ao Aniversário de 106 anos de Porto Velho, em Parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Rondônia.
  • A Fhemeron e o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, firmaram parceria, e durante os dias 22 a 30 de setembro, o projeto “Doe Sangue e receba uma Muda” do Rotary Clube de Porto Velho Madeira Mamoré, estará na Sede da FHEMERON-PVH, com mudas de Corama e Babosa, cada doador de sangue receberá uma muda, essa iniciativa do Rotary, incentiva os doadores neste momento tão crítico de pandemia.
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré recebe “EPI” equipamentos do modelo proteção facial, chamado de Face Shield, para doação às Instituições parceiras.
  • Árvores da Amizade – O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré realizou plantio em comemoração ao Dia da Árvore e visita do Governador do Distrito 4720.
  • Em Comemoração ao Dia da Árvore e em alusão à “visita online” do Governador do Distrito 4720, Orlando Morais Lopes, o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré em parceria com a Subsecretária Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável – SEMA, promoveu o plantio de mais de 600 mudas de árvores na Capital Porto Velho.
  • Setembro amarelo, dia 10 de setembro, no Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, através de suas Redes Sociais, lançou a Campanha: “Falar é preciso- Você não está sozinho!”;
  • No dia 17 de Agosto, o Prefeito da Capital, Dr Hildon Chaves, recebeu em seu Gabinete a Vice Presidente do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré-Distrito 4720, Maria Regina Azevedo, para tratar de futuras parcerias entre a Prefeitura Municipal de Porto Velho e o Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré em ações no Combate de COVID-19 nas Comunidades em situação de vulnerabilidade.
  • “Projeto Quarentena Sem Fome”- O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré- Distrito 4720, distribui 200 litros de água sanitária e 100 (cem) litros de leite, para famílias em vulnerabilidade social no Distrito de Rio Pardo.
  • “Projeto Quarentena Sem Fome”- O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, foi até o Distrito de Cujubim Grande, localizado a 35 km da Capital Porto Velho, entregar Dezenas de Cestas Básicas e Kit de Higiene, às famílias em Vulnerabilidade durante a pandemia de Covid 19.
  • “Projeto Quarentena Sem Fome”- O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré foi até a , Vila Princesa na BR 364, para entregar Dezenas de Cestas Básicas às famílias que necessitam de nosso apoio nesse momento de pandemia do Covid-19.
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, recebeu, Cestas Básicas do Corpo de Bombeiros Militar de Rondônia, por meio de parceria entre Ministério Público do Trabalho (MPT), Tribunal Regional Do Trabalho – 14ª Região (TRT), Organização Nações Unidas (ONU-UNOPS).
  • Projeto “Farmácia Viva” distribuirá Centenas de mudas de Ervas Medicinais, como parte das ações de Instalação do Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720.
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720, está confeccionando 5.000 máscaras para prevenção ao covid-19, e doação às Instituição Parceiras como Casado Ancião e Lar do Bebê em Porto Velho, além da Casa De apoio do Hospital do Amor, nesta Capital.
  • O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720 & o Projeto Montanha para Todos, firmou parceria e Rondônia já recebeu Primeira “Cadeira Juliete”, Rotary abrindo Oportunidades, tornando acessíveis os passeios na natureza.
  • Anualmente participamos do “Arraial do Amor”, realizado no Porto Velho Shopping, onde toda a renda da nossa Barraca fica disponível para a AVCC, Associação dos Voluntários da Criança com Câncer, estas são algumas das ações do nosso Club na Capital.
  • Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, entregou doações de roupas a indígenas em Porto Velho. O Projeto Social “Cabide Solidário, desenvolvido pelo Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré – Distrito 4720, promove a solidariedade e possibilita melhorar a qualidade de vida dessas pessoas.

Junte-se ao Rotary e venha também fazer a diferença. O Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré, reúne-se toda terça-feira,. No momento as reuniões estão ocorrendo on-line, seguindo as orientações das autoridades locais.

COMEMORAÇÃO DOS 116 ANOS

Na noite da próxima terça-feira (23), às 20 horas, ocorrerá uma Celebração via Zoom, em sala para 1000 pessoas com Transmissão ao Vivo no Facebook LIGADOS NO ROTARY, um importante Canal de Divulgação de Notícias Rotárias. A Celebração terá como foco destacar e reconhecer a importante ação dos Rotary Clubes e Distritos do Brasil no Fortalecimento da Fundação Rotária.

Por Zecca Paim – DRT 1453/RO
Diretor de Imagem Pública e Protocolo
Rotary Club de Porto Velho Madeira Mamoré