RECUO: Governador de Rondônia retira Lei que isentaria Energisa em quase R$ 1,3 bilhão

792
Foto: Reprodução

O Governo de Rondônia volta atrás e solicitou a Assembleia Legislativa de Rondônia – ALE/RO a retirada de tramitação e devolução do Projeto de Lei 446/2020, que se fosse aprovado, concederia um perdão de aproximadamente R$ 1,3 bilhão em dívidas da Energisa com o Estado.

Esse pedido de retirada foi assinado pelo governador Marcos Rocha, que despacha digitalmente em sua residência após a primeira dama, Luana Rocha, ser diagnosticada por Covid-19.

A retirada desse Projeto de Lei é uma resposta à pressão popular e dos próprios deputados estaduais que perceberam a enorme rejeição dos rondonienses a esse perdão da dívida, principalmente a Energisa, que comprou a extinta CERON por R$ 50 mil e ciente dos passivos da companhia.

ENERGISA

A Energisa informou que acompanha a tramitação do Projeto de Lei nº 460 na Assembleia Legislativa de Rondônia (Alero) como dezenas de outras empresas que atuam no estado. Frisa, porém, que as dívidas herdadas da antiga Ceron seguem sendo objeto de contestação nas esferas administrativa e judicial.

Publicidade


A Energisa ainda ressalta que desde que assumiu a concessão no estado, no fim de 2018, mantém em dia o pagamento de tributos ao estado.

As informações são do Rondoniavivo.

Loader Loading...
EAD Logo Taking too long?

Reload Reload document
| Open Open in new tab

[358.22 KB]

Comentários