PRF intercepta carga de cloridato de cocaína que seria vendida em Vilhena

Jovem foi abordado por uma equipe já na saída de Presidente Médici, a caminho de Vilhena.

1152
Homem preso viajaria quase 300 km de moto com a droga. (Foto: PRF/Divulgação)

Um quilo de cloridato de cocaína, mais conhecida como “Brilho ou Escama de Peixe”, apreendida com um motoqueiro na cidade de Presidente Médici no sábado, 26 de setembro, seria distribuída em pontos de tráfico de Vilhena, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

A droga era transportada por um jovem, identificado apenas como Robson. Ele carregava a droga em uma motocicleta Honda Titan, quando foi abordado por uma equipe já na saída da cidade, próximo à entrada da BR-429.

A droga estava escondida debaixo do banco da moto e o suspeito falou que um amigo pediu para entregar o entorpecente na cidade de Vilhena. Ele não revelou quanto receberia para fazer o transporte do entorpecente.