Preso suspeito de estupro, vereador pede afastamento do cargo em Cacoal

O crime pelo qual o vereador é suspeito aconteceu em Itapuã do Oeste no ano de 2014, contra uma menina de 13 anos.

571

Preso ainda dentro da Casa de Leis, depois de uma sessão ordinária da Câmara, o vereador Lauro Costa Kloch pediu afastamento do cargo na Câmara Municipal de Cacoal. Ele é acusado de estupro de vulnerável e há cerca de um mês está detido.

Quem irá assumir a vaga de Lauro é o primeiro suplente do Partido Social Democrático (PSD), Pedro Rabelo e deve assinar o Termo de Posse na próxima segunda-feira (5).

O crime pelo qual o vereador é suspeito aconteceu em Itapuã do Oeste no ano de 2014, contra uma menina de 13 anos.

Alguns dias depois da prisão ele foi transferido de Cacoal para a sala de Estado Maior em Porto Velho, onde permanece detido.

Quem é Lauro Costa Kloch?

Lauro Kloch, mais conhecido como “Garçom do Semáforo”, foi eleito vereador de Cacoal em 2020, com quase 700 votos. O nome surgiu porque ele trabalhava vendendo itens no semáforo, como água.

Em 2022, Kloch concorreu como deputado estadual e ficou como suplente.