NÃO RESISTIU: Bebê que escapou de ser enterrado vivo morre na UTI de Ariquemes

Bebê foi dado como morto por uma equipe médica de Ariquemes, mas, na funerária, um agente percebeu a respiração do menino. O bebê ficou internado, mas não resistiu.

1848
Imagem ilustrativa

O bebê que nasceu com vida, mas foi dado como morto por uma equipe médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ariquemes, em Rondônia, morreu nesta terça-feira (11) após dias internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A., nome dado ao bebê, nasceu de surpresa aos sete meses de vida, no início da última semana de 2021.  A mãe, de 18 anos, desconhecia a gravidez e neste dia procurou os médicos da UPA, após sentir dores e sangramento.
A jovem então passou por diversos exames e foi mandada para casa. No entanto, na madrugada, ela não resistiu as fortes dores e o bebê nasceu prematuro.

De volta ao Hospital, os médicos constataram o nascimento de A. e logo apontaram que ele estava sem vida. Uma equipe da funerária foi acionada e o bebê foi encaminhado para o local.

Susto

No entanto, o agente funerário que fazia o serviço de praxe, quando se preparava para arrumar a criança para o enterro, percebeu sinais de respiração do bebê. Ele tomou um susto e retornou à unidade de saúde, onde avisou da situação aos médicos.

Não resistiu

A. logo foi internado e intubado na UTI do hospital, onde ficou por mais de 10 dias, mas nesta terça feira (11), não resistiu as complicações. A família registrou boletim de ocorrência e a polícia investiga o caso.

No dia 30 de dezembro, o Ministério Público também instaurou um inquérito para investigar a situação.

 

FONTE: RONDÔNIA AO VIVO