Mesmo com chuva prejudicando a colheita e tirando qualidade dos grãos, Rondônia espera recorde de produtividade

256
Foto: RR Rufino

A colheita da safra de soja 2020/21 segue avançando em Rondônia mesmo com as chuvas dificultando os trabalhos e prejudicando a qualidade dos grãos colhidos. A região mais adiantada é a do Cone Sul, onde já foram finalizadas entre 40 e 50% das lavouras, já em Vilhena a colheita deve se encerrar na próxima semana.

Segundo o engenheiro agrônomo e membro da Aprosoja Rondônia, Vicente Godinho, a safra no estado começou muito complicada devido a falta de chuvas no trimestre (outubro/novembro/dezembro) com mais relatos de chuvas irregulares desde a década de 60, mas se desenvolveu bem depois disso e agora eleva a expectativa de bater recordes.

Na safra 2019/20 o estado obteve média de produtividade próxima dos 3.600 quilos (60 sacas por hectare) e espera superar este patamar em até 10% neste novo ciclo, já que a maior parte dos problemas de produção acabou ficando apenas para as sojas mais precoces e plantadas mais cedo para dar espaço ao algodão na sequência.

Confira a íntegra da entrevista com o engenheiro agrônomo e membro da Aprosoja Rondônia no vídeo abaixo: