Marília Mendonça: homem que divulgou fotos da autópsia da cantora é condenado

1083

André Felipe de Souza Alves Pereira, o indivíduo responsável pelo vazamento das imagens da autópsia da renomada cantora Marília Mendonça, recebeu sua sentença na última quarta-feira (27). Com as penas acumuladas, André Felipe, de 22 anos, foi sentenciado a uma pena de prisão de 10 anos e três meses.

André Felipe será responsabilizado por uma série de crimes, incluindo vilipêndio a cadáver, propagação do nazismo, xenofobia, discriminação racial contra nordestinos, uso de documento público falso, ataque a serviço público de utilidade (escolas) e incitação ao crime.

Desde abril deste ano, André Felipe estava sob custódia preventiva por utilizar uma plataforma de mídia social para disseminar imagens de celebridades como Marília Mendonça, Cristiano Araújo e Gabriel Diniz, obtidas durante a perícia no Instituto de Medicina Legal (IML).

 

O juiz afirmou em sua decisão que “a natureza das fotografias divulgadas e os comentários feitos pelo réu em seu perfil no Twitter demonstraram claramente a intenção de humilhar e ultrajar os falecidos”.

As demais acusações contra ele estão relacionadas a outras postagens feitas pelo réu, como ameaças de ataques a escolas, divulgação de símbolos e nomes associados ao nazismo e incitação a ataques contra nordestinos e estrangeiros.