Ji-Paraná, um dos rondonienses de maior sucesso no futebol

Ji-Paraná pode ser considerado um dos jogadores rondonienses de maior sucesso do estado.

244

online casinoCom passagens pelas categorias de base do Corinthians e um título de campeão brasileiro no currículo com o time de São Paulo, o volante de 1,72 de altura teve sua última passagem no futebol pelo Ji-Paraná, clube da cidade onde nasceu. “Essa ideia já vinha amadurecendo há algum tempo. Estou muito feliz e espero que a gente possa conseguir o título novamente”, declarou o jogador em 2018, quando foi apresentado como reforço do Ji-Paraná.

Entretanto, antes de vestir a camisa de um dos times mais vitoriosos e populares do estado de Rondônia e fazer a alegria dos torcedores que gostam das aposta esportivas, Ji-Paraná praticamente rodou o mundo. Depois de ser revelado e campeão pelo Corinthians, o volante foi jogar no Internacional de Porto Alegre. Em 2009, o jogador foi emprestado para o Brasiliense e passou a jogar no antigo Grêmio Barueri um ano depois. No período, Ji-Paraná ainda disputou a Copa do Mundo Sub-20 no Canadá ao lado de jogadores como Marcelo, Alexandre Pato, Willian, Renato Augusto e David Luiz. Na competição, o volante disputou três jogos na fase de grupos e foi eliminado pela Espanha nas oitavas de final como um dos capitães do elenco.

No mesmo ano, Ji-Paraná atraiu a atenção do Gyori Eto da Hungria. Em sua primeira passagem pela Europa, o jogador realizou 38 jogos, marcou dois gols e deu quatro assistências em dois anos no clube húngaro. Dois anos depois, o destino do jogador foi o Oriente Médio, mais exatamente nos Emirados Árabes Unidos.

Na época, Ji-Paraná se encontrou com o técnico Zé Mario no Al Irrihad Kalba, que acabou rebaixado na temporada 2012/2013 no último lugar da UAE Pro League, principal divisão dos Emirados.

Mas em 2013, Ji-Paraná ainda seria negociado junto ao Wacker Innsbruck da Áustria. De volta à Europa, o volante fez nove jogos na Bundesliga, primeira divisão austríaca, antes de sofrer uma lesão no joelho e deixar o clube no final da temporada 2013/2014.

Depois de se recuperar da lesão, o volante voltou ao Oriente Médio. Dessa vez, foi para defender a camisa do Al-Mina’a Sports Club, um dos times mais populares do Iraque e o primeiro clube baseado fora de Bagdá a vencer o principal campeonato do país. Ji-paraná vestiu a camisa do clube iraquiano por dois anos, entre 2014 e 2016, antes de retornar ao Brasil.

Com uma passagem pelo Cascavel em 2017, Ji-Paraná finalmente voltou às origens para vestir a camisa do Ji-Paramá Futebol Clube.