FFER e clubes decidem: volta do futebol em Rondônia só em novembro

372
Foto: Reprodução

Em reunião realizada na manhã de quinta-feira, 30 de abril, por vídeo conferencia, a FFER – Federação de Futebol do Estado de Rondônia e sete dos onze dirigentes dos clubes da Série – A do Campeonato Rondoniense 2020, decidiram o futuro do futebol estadual.

O futebol de Rondônia, para conclusão do estadual ficou definido para o mês de novembro, porém ainda sem data para início e nem de que forma irá acontecer. Se a partir de onde parou e complementa a fase de classificação ou nas semifinais, este último pouco provável.

Esta foi a melhor, mais sensata e equilibrada decisão tomada nos últimos tempos no futebol rondoniense, de forma inteligente e cautelosa. A proposta foi do presidente do Real Ariquemes, Chico Pinheiro, que pediu a palavra logo no início da reunião, colocando em discussão o retorno para novembro.

A decisão foi unânime, apesar de momentaneamente o dirigente do União Cacoalense resistir, porém entendeu e concordou com os demais, tornando a decisão por unanimidade.  

Publicidade


A ideia tem como base as incertezas que o momento vive e a prioridade é sempre a saúde e a vida de todos envolvidos na área esportiva, assim como a preocupação financeira com salários, encargos e demais despesas geradas, sem saber por quanto tempo essa pandemia vai durar, nem quando o governo e prefeituras devem flexibilizar autorizando a pratica do esporte coletivo, como o futebol – analisou Chico Pinheiro.   

SEM PREJUÍZO

O clube que quiser desistir da volta em novembro, tem até segunda-feira, 4 de maio, para protocolar oficio junto a FFER, sem prejuízo de ser rebaixado, nem punido pelo TJD e demais sansões do REC e RGC. Caso contrário serão considerados participantes no retorno e caso venha a desistir após 4 de maio, será considerado abano de competição conforme os regulamentos, e serão penalizados de acordo as normas e leis que regem o campeonato.

SEM PERDER O RITMO

A ideia da volta em novembro, é justamente, realizar a pré-temporada em outubro, disputar o complemento do estadual em novembro, e manter o elenco em dezembro para o campeonato que deve iniciar em janeiro de 2021. Neste caso, os contratos de atletas seriam de sete meses até o final do estadual do ano que vem.

Participaram da reunião: S. C. Genus – Evaldo Silva; Porto Velho E. C. – Jeanderson Melonio (Maranhão); Real Ariquemes E. C. – Chico Pinheiro; Ji-Paraná F. C. – José Carlos; C. A. Pimentense – Claudio Rocha; S. E. U. Cacoalense – Wesley Dias e Vilhenense E. C. – Waldir Kurtz.

 

Fonte: Informações do lsesporte.com.br

Comentários