Especialista traz dicas de moda masculina para os homens de Vilhena

O tecido no qual a roupa masculina é produzida faz toda a diferença na sua aparência, conforto e qualidade.

300

A relação dos homens com a moda mudou muito nos últimos anos. Se antes eles não se preocupavam tanto com o que vestiam e com o que é tendência fashion, hoje essa realidade está bem diferente e um dos fatores que colaborou para isso é o aumento da vaidade masculina.

Mas, ao contrário do que se pensa, não é difícil se vestir bem e muito menos caro. Muitas lojas e shoppings de Vilhena já reabriram após a quarentena e nelas é possível encontrar peças de roupas masculinas com ótimo tecido, corte e caimento que não custam altos valores e deixam o visual mais bonito e arrumado.

Para contribuir com os homens da cidade que buscam por informações sobre moda masculina conversamos com a personal stylist Anna Liz Melo, especialista do site de auxílio ao consumidor Guia De Bem-Estar, e ela nos deu dicas preciosas sobre o assunto. Confira.

Invista em peças com bons tecidos

O tecido no qual a roupa masculina é produzida faz toda a diferença na sua aparência, conforto e qualidade.

Dentre as opções, há os tecidos naturais, como o algodão, linho e seda, e os sintéticos, como poliéster, poliamida e elastano.

As peças feitas em algodão, por exemplo, possuem uma ótima respirabilidade e são excelentes para o calor. Elas também apresentam uma alta durabilidade e tem boa aparência e resistência. A desvantagem é que amassam com maior facilidade.

Indo para o lado oposto estão as roupas de poliéster. Essas já são mais quentes, possuem menor durabilidade, podem formar bolinhas e queimam com mais facilidade. Então, na dúvida vá no algodão.

Caimento é fundamental

Existem muitas roupas que no cabide são lindas, mas quando são colocadas no corpo parece que não encaixam corretamente. O grande problema é que elas não têm o caimento adequado.

Anna Liz explica que isso é muito comum de acontecer e que para uma roupa ficar bonita e valer o investimento ela deve apresentar um bom caimento. Portanto, apenas adquira uma peça que se ajusta perfeitamente, sem ficar muito grande ou muito pequena.

Nunca subestime as peças básicas

Por mais que as roupas chamativas e diferentes sejam muito interessantes para quem quer sair do comum, todos os homens devem ter pelo menos algumas peças básicas em seu armário.

Com isso, invista em camisetas lisas, calças jeans azuis e pretas, tenha uma boa camisa social e um sapatênis ou sapato social para ocasiões que exigem uma vestimenta mais sofisticada.

Cuidado com as meias    

A cor da meia sempre deve combinar com o tom da calça e esse é um dos erros mais comuns que os homens cometem na hora de se vestir.

As meias brancas, que são as mais populares, somente são indicadas para a prática de esportes ou se a calça ou shorts forem brancos. Caso contrário, use as mais escuras, em tons de azul marinho, preto e cinza, que são mais corretas.

Analise a ocasião antes de se vestir

A melhor maneira de estar bem vestido é escolher as peças de roupa de acordo com a ocasião e o lugar que irá visitar.

Em ambientes mais informais não há problema algum em usar jeans, shorts e roupas mais descontraídas. Porém, para casamentos e eventos sociais, ternos, camisas e sapatos sociais combinam muito mais.

O mesmo vale para o local de trabalho. De acordo com a personal stylist, algumas empresas não possuem um código de vestimenta e deixam seus funcionários mais livres, mas outras são mais rígidas com relação a isso e é preciso se adaptar.