Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente faz chamamento para parcerias financeiras com as entidades já cadastradas

Projetos serão analisados e poderão ser financiados com recursos subsidiados por fundo municipal

583

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) torna público edital com chamamento público para entidades que desejam receber financiamento para iniciativas sociais já em funcionamento há mais de três anos na cidade. O prazo para inscrições acaba nesta quarta-feira, 12. Serão selecionadas as melhores propostas que poderão receber recursos do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumucrad). Acesse o edital na íntegra em: www.bit.ly/editalcmdca012020.

Financiamento de projetos ou programas sociais acontece por meio de concorrência de propostas

 

Os projetos submetidos à seleção deverão indicar a atuação principal em programas de promoção, proteção e de defesa de direitos da criança e do adolescente, bem como programas para cumprimento de medidas socioeducativas, Esporte, Saúde, Educação, direito à convivência familiar e comunitária, acolhimento institucional ou familiar, enfrentamento à violência, exploração e abuso sexual.

O pastor Genivaldo dos Santos, presidente do Conselho, explica os trâmites do processo. “As entidades deverão apresentar projetos até quarta-feira, dia 12, junto de um plano de trabalho e detalhes sobre quantas crianças são atendidas atualmente com detalhes de custos. Sempre vamos dar prioridades para aqueles que atuam na proteção das crianças em situação de risco. Depois da submissão dos projetos à comissão, o CMDCA se reunirá para definir os valores a serem repassados para cada entidade, que podem variar de R$ 25 mil a R$ 80 mil, a serem pagos em forma de parcelas após prestações de contas das entidades”, explica Genivaldo.

O financiamento dos projetos aprovados terá a duração de um ano, podendo ser renovado, conforme termo de parceria. O edital também é lançado anualmente com publicação no Diário Oficial de Vilhena.